Cabeçalho Futebol Internacional

O sorteio dos quartos-final da Liga dos Campeões colocou frente a frente, duas das equipas favoritas à conquista da competição mais importante a nível de clubes. Os atuais detentores do troféu deslocaram-se esta noite à Allianz Arena para disputar a primeira de duas partidas entre estes colossos europeus.
Apesar de serem duas equipas com bastantes soluções, tanto o Real Madrid como o Bayern Munique não puderam contar com as estrelas Lewandowski e Pepe que se encontram ausentes por motivos de lesão.

Os primeiros 45 minutos foram bastante equilibrados, com oportunidades de golo para cada lado. Pouco depois do quarto de hora Benzema poderia ter inaugurado senão fosse Neuer negar-lhe o golo com uma excelente intervenção. Perto da meia hora, a equipa da casa chegou ao golo através de um pontapé de canto que Arturo Vidal aproveitou para cabecear para o fundo das redes da baliza de Navas. Até ao intervalo houve tempo ainda para Cristiano Ronaldo ameaçar a baliza adversária, e Arturo Vidal falhar a conversão de uma grande penalidade mal assinalada pela equipa de arbitragem.

CR7 foi uma dor de cabeça para Javi Martínez Fonte: Real Madrid CF
CR7 foi uma dor de cabeça para Javi Martínez
Fonte: Real Madrid CF

No segundo tempo, os madrilenos dominaram por completo a equipa da casa e consomaram a reviravolta no marcador. A turma de Zidane entrou com “ganas” de vencer, e logo no recomeço do jogo fizeram o golo do empate através de Cristiano Ronaldo que descobriu espaço na área alemã para disparar de primeira para o fundo das redes.

O Real queria mais, e passados dez minutos Gareth Bale teria feito golo senão fosse novamente Neuer a fazer uma excelente defesa. Aos 60’ o Bayern complicou o jogo para o seu lado, depois de Javi Martinez receber ordem de expulsão após falta sobre Cr7. A partir daqui os “blancos” subiram as linhas e as oportunidades de golo multiplicavam-se à medida que o tempo avançava.  O golo da reviravolta estava iminente, e aos 77’ Marco Asensio serviu Cristiano Ronaldo que marcou o seu centésimo golo nas competições europeias.

Anúncio Publicitário

O Real Madrid leva um resultado positivo para a segunda mão, que poderia ser bem mais dilatado senão fossem as grandes intervenções do guarda-redes da casa. Apesar de partir em vantagem, os madrilenos vão ter de jogar com cautela na segunda parte da eliminatória, visto que o Bayern Munique é uma equipa bem capaz de causar estragos no Santiago Bernabéu.

Foto de capa: Real Madrid CF