Ronaldo vs. Messi


Cristiano Ronaldo e Lionel Messi vão encontrar-se pela primeira vez nas últimas duas épocas. Quis a sorte que o Grupo G ditasse um reencontro entre os dois maiores astros do futebol. A Juventus FC, no Pote 1, aguardava melhor sorte do que hospedar no seu grupo uma das equipas mais fortes do Pote 2, o FC Barcelona. Os restantes clubes que tiveram o azar de se encontrarem no meio dum duelo de gigantes foram o Dínamo de Kiev, da Ucrânia e o Ferencváros, da Hungria.

O Grupo G é um dos grandes destaques deste sorteio, e para que assim o seja basta apenas referir que Ronaldo e Messi voltarão a ser adversários pela primeira vez desde 2018, ano em que o campeoníssimo português trocou o Real Madrid pela Juventus.

Outra curiosidade acerca deste grupo é que Ferencváros é um dos nove clubes contra quem Lionel Messi jogou e nunca conseguiu marcar. O primeiro e último embate entre o argentino e o Ferencváros foi em 2006 e Messi jogou apenas 45 minutos, período em que não conseguiu bater as redes húngaras. Tem, este ano, duas boas oportunidades para o fazer. Uma na Hungria e outra no mítico Camp Nou.

1
2
3
4
5
Artigo anteriorOs 4 dados estatísticos para um Sporting CP europeu
Próximo artigoManchester City FC no caminho dos dragões na Liga dos Campeões
O Diogo é licenciado em Jornalismo pela Universidade Católica. Também tirou o curso de árbitro na Associação de Futebol de Lisboa. Tinha 8 anos quando começou a perceber a emoção que o desporto movia. No espaço de quinze dias, observou a família a chorar de alegria o golo do Miguel Garcia em Alkmaar, a tristeza da derrota em Alvalade contra o CSKA o ensurdecedor apoio dos adeptos do Liverpool enquanto perdiam a final da Liga dos Campeões por 3-0. Hoje, e cada vez mais apaixonado por futebol, continua a desenhar o seu percurso para tentar devolver a esta indústria tudo o que dela já recebeu.                                                                                                                                                 O Diogo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.