cab la liga espanha

Após um início de campeonato vitorioso, o campeão Barcelona caiu com estrondo à quinta jornada, ao ser goleado às mãos de um surpreendente Celta de Vigo, que ainda não conheceu o sabor da derrota e partilha agora a liderança da Liga Espanhola com o Real Madrid e o Villarreal, os principais beneficiados da 5ª jornada, a par do Atlético Madrid. Em má situação está o técnico português Nuno Espírito Santo, que não vê modo de colocar o seu Valência de novo na rota das vitórias.

O Celta de Vigo, que tem em Nolito a sua principal arma (e que início de temporada está a realizar o extremo espanhol!), recebeu os atuais campeões em título no Estádio Balaídos e valendo-se da inspiração do ex-Benfica e de Iago Aspas conseguiu conter o futebol blaugrana e até, num surpreendente resultado, golear o Barcelona por 4-1. A turma de Eduardo Berizzo executou uma partida perfeita a todos os níveis e não se limitou a defender, pois conseguiu pôr em prática o seu próprio ritmo de jogo e foram vários os momentos em que o perigo rondou a baliza de Ter Stegen. Após ter alcançado o oitavo posto no campeonato da época transata, o conjunto galego apresenta-se, este ano, como um potencial candidato aos lugares de qualificação para as competições europeias.

Outro dos pontos principais, que já era percetível, mas que este resultado demonstrou de uma forma mais clara é o facto do plantel do Barcelona ser curto para todas as frentes que o clube disputa. Os blaugrana contam com um “onze” de causar inveja nos seus rivais, porém os jovens produtos da cantera que tem na equipa não são suficientes para colmatar a ausência das suas maiores estrelas como Messi, Suárez, Neymar, Iniesta, Rakitic, Busquets ou Dani Alves. A lesão de Rafinha veio agravar esta situação, a juntar ainda ao facto de Arda Turan e Aleix Vidal só poderem entrar nas contas de Luis Enrique a partir de janeiro, consequência do castigo aplicado pela FIFA aos campeões espanhóis e europeus. De salientar, embora as vitórias conseguidas até então, ainda não se viu o Barça a exprimir todo o seu futebol como sucedia na época anterior.

Mais uma vez, Griezmann decisivo no triunfo colchonero Fonte: Facebook do Atlético
Mais uma vez, Griezmann decisivo no triunfo colchonero
Fonte: Facebook do Atlético

Quem saiu beneficiado foi o Real Madrid, que após empatar na primeira jornada tem sido sempre vitorioso, nesta jornada com um triunfo difícil em casa do Athletic Bilbao por 2-1 (golos da autoria de Benzema), razão pela qual se encontra na liderança da liga. Cristiano Ronaldo já encontrou o caminho dos golos, a equipa já mostra um futebol coeso, fluído e com o sentido ofensivo desejado. Nem as lesões de Gareth Bale e James Rodríguez têm causado dores de cabeça a Rafa Benítez, que tem no plantel Isco e Kovacic, médios que têm correspondido quando promovidos à titularidade. Com os bons resultados dos merengues, também as críticas que anteriormente choviam em direção de Benítez têm-se dissipado.

Anúncio Publicitário

Por seu turno, o Villarreal, que nesta 5.ª jornada foi vencer ao terreno do Málaga (1-0), continua o bom trajeto que tem realizado até então, com quatro triunfos e um empate, o que vale a liderança partilhada do campeonato com Real Madrid e Celta de Vigo. Já o Atlético Madrid, que apenas perdeu face ao Barcelona, tem em Griezmann o segredo de várias das suas vitórias e o talentoso francês voltou a provar , nesta jornada, ser a maior arma atacante de Diego Simeone, ao ter apontado os dois golos que garantiram o triunfo dos colchoneros diante do Getafe.

Quem tem surpreendido pela negativa é o Valência de Nuno Espírito Santo. O conjunto che só por uma vez venceu na liga e nesta ronda sofreu um desaire na deslocação ao Espanyol, ao ser derrotado por um golo sem resposta. Tal é o descontentamento dos adeptos que os lenços brancos e as tarjas a pedir para o técnico luso abandonar a equipa já se fazem sentir ao redor do Mestalla. Espírito Santo terá mesmo que encontrar uma solução para pôr o clube de volta à rota dos triunfos, se não quer ver o seu projeto terminado no início do segundo ano ao comando da turma valenciana.

O Sevilha também não se tem dado bem no início de época. Os andaluzes ocupam o último posto da Liga Espanhola, situação à qual não estão habituados. Nesta jornada, os atuais detentores da Liga Europa perderam com o recém-promovido Las Palmas (0-2) e agravaram a sua crise de resultados a nível interno: dois empates e três derrotas é o saldo do conjunto de Unai Emery no campeonato. Destacar também o mau arranque do Málaga, que partilha o fundo da tabela com o Sevilha, sendo que o ponto que mais salta à vista na equipa do La Rosaleda é o facto de ainda não ter conseguido marcar qualquer golo em cinco partidas.

Noutras partidas da 5ª jornada, a Real Sociedad foi ao terreno do Granada vencer por 3-0, com o hat-trick de um inspirado Agirretxe, o Rayo Vallecano (com Bebé a titular) triunfou por 2-1 ante o Gijón e o Deportivo (com Luisinho a atuar de início) ganhou ao recém-promovido Bétis por 2-1. Já o surpreendente Eibar viajou até ao terreno do Levante para empatar a dois golos.

Jogador da Semana:

Nolito (Celta de Vigo) – O extremo espanhol continua em alta rotação e deu o mote para a goleada do Celta de Vigo diante do Barcelona, ao apontar o primeiro golo da partida (e que golo!) e com uma tremenda exibição. O ex-Benfica leva já cinco golos e outras tantas partidas na Liga Espanhola e tem assinado exibições de elevado nível, o que faz com que equipas de topo, entre elas o Barcelona (no qual Nolito foi formado), tenham já manifestado o interesse na sua contratação.

Treinador da Semana:

Eduardo Berizzo (Celta de Vigo) – Após uma primeira época ao serviço do Celta de Vigo na qual alcançou o oitavo posto da Liga Espanhola, o técnico argentino e o seu conjunto continuam a surpreender, encontrando-se de momento no topo do campeonato, após golearem merecidamente o campeão Barcelona. Berizzo tem a sua equipa a praticar um futebol de qualidade e certamente que terá uma palavra a dizer nos lugares europeus do campeonato.

Foto de Capa: Facebook do Celta

Comentários