Cabeçalho Liga Francesa

Depois de pendurar as botas, Sérgio Conceição, decidiu aventurar-se numa carreira de treinador principal. Conhecido pelo seu carácter emocional no mundo do futebol, o agora técnico do Nantes já orientou equipas como o Vitória de Guimarães, Olhanense, Braga e Académica de Coimbra. Em todas estas equipas do campeonato português não fez um mau trabalho, mas também não fez um trabalho em que lhe fosse reconhecido o mérito, e foi, talvez, por isso que decidiu começar uma nova etapa fora do seu país.

Chegou a França e abraçou o desafio de retirar rapidamente o Nantes da linha da água e assegurar, no mínimo, a manutenção na Ligue 1. Aquando aterrou no país francês, a equipa ocupava o penúltimo lugar da tabela e apresentava um plantel sem organização e qualquer harmonia.
A primeira vez que se sentou no banco dos “Canários” foi num jogo para a taça da liga francesa no qual derrotou o Montpellier por 3:1, e consomou a qualificação para os oitavos final da prova. A partir daqui foi sempre a somar, em seis jogos registou cinco vitórias e apenas uma derrota para os quartos-final da mesma taça da liga. No campeonato a equipa regista 4 vitórias seguidas, uma delas no difícil terreno do Toulouse.

Sérgio Conceição só sabe ganhar na Ligue 1 Fonte: F.C. Nantes
Sérgio Conceição só sabe ganhar na Ligue 1
Fonte: F.C. Nantes

Há pouco mais de um mês no clube gaulês, Sérgio Conceição já criou uma enorme cumplicidade com os jogadores do plantel. As mudanças nos hábitos mais comuns e na mentalidade da equipa, resulta num aperfeiçoamento do futebol praticado em campo. A equipa não tem medo de defrontar qualquer adversário, e joga agora sempre de olhos postos na vitória, bem ao estilo do ex-futebolista Conceição.

Depois das passagens por equipas nacionais, parece que é no futebol internacional que o português vai vingar. A sua forma de liderança é vista com bons olhos pelos adeptos do Nantes, que esperam que a sua equipa faça uma segunda volta segura e até mesmo surpreendente, com uma posição na primeira metade da tabela classificativa no final do campeonato. Já na taça de França o emblema amarelo e verde vai a Lille tentar sair de lá qualificado para a próxima fase, e quem sabe conseguir ir longe nesta competição.
O técnico tem agora uma excelente oportunidade para crescer como treinador e elevar o seu nome ao futebol internacional.

Anúncio Publicitário