A Taça de França é o torneio mais democrático do país e, sem dúvidas, o mais interessante de acompanhar. A competição reúne não apenas os clubes que se localizam na França, como também as equipas que ficam nas regiões ultramarinas francesas espalhadas pelo Mundo. Os maiores clubes entram na disputa nas fases mais avançadas e geralmente qualificam-se com facilidade para a próxima etapa. Porém, surpresas acontecem…

Na fase dos 32 avos-de-final, o Olympique de Marselha, que é o segundo maior vencedor da competição com dez títulos, enfrentou o modesto ASF Andrézieux-Bouthéon, clube da quarta divisão Nacional. A partida foi disputada no Estádio Geoffroy-Guichard, em Saint-Étienne, e contou com a presença de 13.200 adeptos. A expectativa era que o clube de Marselha conseguisse facilmente a sua qualificação, mas o que todos presenciaram foi um espetacular dois a zero para o ASF Andrézieux-Bouthéon. O resultado espantou o Futebol mundial e foi destaque nos maiores jornais desportivos franceses.

O placar mais expressivo da história do modesto ASF Andrézieux 
Fonte: ASF Andrézieux-Bouthéon

O ASF Andrézieux-Bouthéon foi fundado em 1947, após uma fusão entre os vermelhos da ASF e os azuis do Bouthéon, assim tornando-se na Associação Desportiva Forezienne Andrézieux-Bouthéon. O clube é da cidade de Saint-Étienne e tem uma parceria com o AS Saint-Étienne, da elite francesa. Em pouco mais de 70 anos de história, o ASF Andrézieux-Bouthéon ainda mantém o estatuto de amador na França, apesar de se poder orgulhar por estar há 16 anos consecutivos a competir em ligas profissionais. Alguns jogadores possuem outra fonte de rendimento além do futebol e a expectativa para a atual temporada é modesta: apenas permanecer na quarta divisão Nacional. As maiores glórias do clube foram a conquista, por duas vezes, em 2007 e 2016, da quinta divisão francesa.

Atualmente, o ASF Andrézieux-Bouthéon ocupa a sexta posição no grupo B da National 2, e enfrentará o AS Lyon-Duchère, da terceira divisão francesa, na próxima fase da Taça de França. Até onde pode chegar ninguém sabe, mas o certo é que este simpático clube registou um dos maiores momentos da sua história ao bater o poderoso Olympique de Marselha.

Foto de capa: ASF Andréziuex-Bouthéon

Comentários