Anterior1 de 3Próximo

força da tática

Decorridas 24 jornadas o Chelsea FC lidera confortavelmente a Premier League com nove pontos de vantagem sobre o segundo classificado Tottenham Hotspur FC. Ainda que o futebol apresentado pela equipa de Mauricio Pochettino seja, sob o ponto de vista da posse e circulação de bola, mais atrativo do que o praticado pela equipa de Antonio Conte, é o Chelsea FC que leva vantagem com a sui generis ideia de jogo do treinador italiano: controlar o jogo…sem bola.

O Chelsea FC tem vindo a alinhar, na baliza, com um dos melhores guarda-redes do mundo, o belga Thibaut Courtois. À sua frente uma defesa a três composta por Gary Cahill mais descaído para o lado esquerdo, Azpilicueta no lado direito, e David Luiz na zona central. À frente da defesa encontram-se os dois esteios do meio-campo da equipa londrina, Kanté e Matic, com Marcos Alonso a jogar na ala esquerda e Victor Moses na ala direita. Na frente, sem verdadeiros extremos, é Eden Hazard o interior ofensivo que se apresenta mais à esquerda e Pedro Rodríguez aquele que alinha mais à direita, ambos em apoio ao ponta de lança espanhol Diego Costa.

Fonte: Chelsea FC
Fonte: Chelsea FC

A equipa de Antonio Conte, um dos melhores treinadores do mundo no momento de organização defensiva, tem uma dinâmica coletiva muito interessante e um modelo de jogo que, goste-se ou não, é consistente e encontra-se bem trabalhado. Partindo de uma estrutura de 3-4-3, a equipa tem em Kanté e Matic uma parte crucial do seu sucesso nos movimentos ofensivos. São os dois futebolistas que, por um lado, fazem a ligação entre o corredor central e os corredores laterais e, por outro lado, quando têm bola, atraem os defesas adversários abrindo espaços nos corredores laterais onde surgem os alas Alonso e Moses.

Foto de Capa: Chelsea FC

Anterior1 de 3Próximo

Comentários