Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho Liga Inglesa

O 11 inicial do Manchester United FC era composto por: De Gea, Valencia, Jones, Smalling, Darmian, Ander Herrera, Matic, Young, Mkhitaryan, Martial e Lukaku, ficando no banco Romero, Blind, Lindelof, Tuanzebe, Lingard, Mata e Rashford.

O 11 inicial do Liverpool FC era composto por: Mignolet, Gomez, Matip, Lovren, Moreno, Henderson, Wijnaldum, Can, Salah, Coutinho e Firmino, ficando no banco Karius, Alexander-Arnold, Klavan, Milner, Oxlade-Chamberlain, Sturridge e Solanke.

Aguardava-se um excelente jogo, perante duas das melhores equipas de Inglaterra, onde uma tem somado vitórias atrás de vitórias, o Manchester United FC e o Liverpool FC com jogos menos regulares.

Ainda antes de a partida começar, um belo momento de homenagem a um antigo jogador do Liverpool FC, bem como treinador, Kenny Dalglish, que agora passar a ter uma parte da bancada do estádio de Anfield, com o seu nome.

E pelos seis minutos de jogo, fica a primeira jogada de interesse do jogo, por parte do Liverpool FC, com uma bela arrancada e uma defesa fácil para De Gea. Estava neste momento a ser um jogo emocionante e aberto para ambas as partes, ora atacava um, ora atacava o outro, ainda assim estava mais dominante nos minutos iniciais o Liverpool FC.
Por volta dos 14 minutos de jogo, há o segundo lance do jogo, por parte da mesma equipa, no entanto foi mais uma defesa fácil para De Gea, aguardavam-se os golos nesta partida.
Aos 26 minutos de jogo, continuava o domínio por parte do Liverpool FC, e continuavam a faltar os golos ou pelo menos lances de perigo.
Aos 34 minutos, finalmente uma grande jogada por parte do Liverpool FC, Firmino faz uma excelente jogada individual e centra passando pelo remate de Matip e De Gea faz uma excelente defesa com o pé, a impedir realmente uma jogada brilhante.

Lukaku pouco tempo depois tem uma entrada feia, mas escapa-se com um aviso do árbitro, certamente estava cansado de ver a equipa a não construir fio de jogo, para ele concretizar.

Aos 41 minutos de jogo, Coutinho abre as alas por entre 3 jogadores, mas o cruzamento não teve o mesmo seguimento, o Manchester United FC, nesta primeira parte, precisava mais de fechar as alas, de outra forma continuaria a ser fácil passar, com jogadores desta qualidade.
Pouco tempo depois o primeiro remate do jogo com perigo, por Lukaku mas Mignolet mostrou que estava presente.

Faltavam então os golos nesta primeira parte, para animar os adeptos e o jogo em si.

Começava a segunda parte, e com um erro da equipa do Manchester United FC, embora o lance em si tenha sido fora-de-jogo, no entanto a defesa manteiga continuava a acontecer.
Aos 55 minutos de jogo Can tinha tudo para fazer o golo, mas falhou uma concretização que parecia simples, talvez um bocado mais de técnica e teria sido um belo golo. A continuarem assim, o Manchester United FC arriscar-se-ia a sofrer um golo.

Aos 64 minutos entrava Lingard, saindo Mkhitaryan, para talvez dar algum ânimo atacante ao Manchester United FC, ou assim esperava José Mourinho que fosse. Já aos 66 minutos, tirou Martial e deixou entrar Rashford, realmente estava a querer opções diferentes no ataque.

A diferença de outras ligas de futebol, é que apenas aos 74 minutos de jogo, houve o primeiro cartão do jogo, neste caso o amarelo para Smalling, isto sim é futebol e deixar jogar futebol, assim dá para ver um jogo de futebol, sem tantas interrupções, por faltas e mini faltas.

Era a vez de Klopp mexer na partida, entrada de Oxlade-Chamberlain e Sturridge, saindo Salah com grande desgaste e Coutinho, aos 79 minutos de jogo. E Oxlade-Chamberlain fez uma arrancada sem ninguém o parar, cruzando, e apenas Smalling a cortar a bola, de outra forma, certamente teria sido golo garantido, Darmian iria ter ainda mais dificuldade em parar o extremo, até porque já se encontrava com dificuldades físicas.

Young levou, aos 87 minutos, também a cartolina amarela, por uma entrada desnecessária a Moreno, ainda no mesmo minuto de jogo, saiu Firmino que fez uma bela partida e entrou Solanke, uma nova promessa do Liverpool FC.

Nos últimos minutos de jogo, só dava Liverpool FC, ainda entrou aos 90 minutos Lindelof, para defender este empate, vantajoso para o Manchester United FC.

O Liverpool FC, apesar de ter feito um dos melhores jogos da sua época, pecou na finalização. De Gea e Smalling impediram algumas das suas excelentes oportunidades, e estiveram bem, ao contrário dos seus restantes colegas em campo, que estiveram desinspirados. OManchester United FC ficará certamente contente pelo empate, dada a partida que fez.

Foto de capa: Liverpool FC

Anterior1 de 3Próximo

Comentários