Superliga Europeia | A competição que (quase) ninguém quer

    - Advertisement -

    NINGUÉM QUER UM FUTEBOL “PERFEITO” PARA ESTÁDIOS VAZIOS

    Imaginemos – apenas para efeitos de reflexão – que o objetivo de tal iniciativa não é puramente financeiro. Os maiores clubes, os melhores jogadores, juntos numa só liga. Jogos grandes todas as semanas e uma incerteza constante sobre quem seria o vencedor. A combinação parece perfeita, mas é aí que está o problema. O futebol não é perfeito. Não quer ser perfeito.

    Em 2014, antes do mundial do Brasil, a Nike lançou um anúncio que ficou na memória coletiva de muitos jovens que, como eu, o viram vezes sem conta. Na animação intitulada “The Last Game”, um cientista pretende substituir os melhores jogadores do mundo por clones que não cometem erros. Os clones começam por derrotar facilmente todos os que os desafiavam. Em pouco tempo, passam a dominar o desporto, à medida que os atletas humanos desistiam. O futebol tornara-se exclusivo a clones e, portanto, perfeito.

    Ao bom estilo de Hollywood, o mau da fita acaba derrotado quando os antigos futebolistas se apercebem que os jogos se tinham tornado aborrecidos, que os estádios estavam vazios e que o desporto estava a morrer. A moral da história: o futebol vive do risco, da genialidade, da surpresa. Esse cientista, cujas ambições nos parecem imediatamente nefastas e utópicas, nada mais queria do que melhorar o desporto. Em busca de uma competição sem falhas. Mas esqueceu-se que não é isso que os adeptos querem.

    Tal como no anúncio, nenhum adepto quer este futebol perfeito, reservado aos “tubarões”. Mas, ao contrário do cientista, os donos dos clubes interessados em participar não vivem num mundo ideológico. O objetivo é apanhar o comboio dos biliões e aumentar as receitas dos seus clubes-empresa para valores inimagináveis. Mesmo que isso implique reduzir as probabilidades de conquistar títulos. Para quê ficar a ganhar “tostões” nas competições internas?

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Promessa belga oficializada no Dortmund

    O BVB Dortmund anunciou a contratação do jovem prodígio...

    O alvo de Mourinho para reforçar a defesa da AS Roma

    Com a saída de Karsdorp cada vez mais iminente,...

    FC Barcelona apresenta o seu quarto equipamento para 2022/23

    O FC Barcelona apresentou mais uma «pele» para a...

    Sporting CP sonda AS Roma pelo lateral Rick Karsdorp

    O Sporting CP continua à procura de uma solução...
    Vasco Borges
    Vasco Borgeshttp://www.bolanarede.pt
    Frequentador de estádios e consumidor de bifanas desde os 5, aprendeu cedo que é melhor a ver do que a jogar futebol. Aos 22, estuda Jornalismo e vai escrevendo sobre os jogos que valem o preço do bilhete e as estórias que só se ouvem no bar, ao intervalo.                                                                                                                                                 O Vasco escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Bola na Rede