Anterior1 de 4Próximo

É certo que o Futebol não é o forte nos Estados Unidos da América. Aliás, pelo contrário o desporto-rei não é o “soccer”, como eles lá chamam, mas sim o Futebol Americano. No entanto, os EUA têm tentado melhorar a questão do Futebol no país para tornar este desporto mais atrativo, com a vinda de craques e lendas que fizeram carreira na Europa, ou até na América do Sul. E cada vez mais vemos a Major League Soccer, a principal competição futebolística do país, ser disputada por jogadores que fizeram história no Futebol. Temos o exemplo de Andrea Pirlo, David Villa, Steven Gerrard, Frank Lampard, Didier Drogba, David Beckham e, mais recentemente, Wayne Rooney, Zlatan Ibrahimovic, Pity Martinez e até o português Nani. Estes são apenas alguns nomes entre tantos outros que já jogaram ou ainda jogam na MLS e no país das oportunidades. Relembrar que a MLS também é disputada no Canadá, isto porque, neste momento, três das equipas que disputam o campeonato são de cidades canadianas (Toronto, Montreal e Vancouver).

A temporada passada já terminou e na semana passada começou uma nova época na MLS. Posto isto, hoje fazemos uma breve análise da nova temporada da Major League Soccer que promete bom futebol desde o início até ao fim.

O Atlanta United venceu a MLS Cup na temporada passada, quatro anos após a sua fundação.
Fonte: Atlanta United

O Atlanta United FC, do estado da Geórgia, é a segunda equipa mais nova a disputar a maior competição dos Estados Unidos da América. Em 2014, o clube fundou-se, mas só em 2017 é que o Atlanta United entrou na MLS. E para surpresa de muitos, no segundo ano na Major League Soccer, o clube venceu a competição ao bater na MLS Cup, a final, os Portland Timbers por 2-0. O local do grande jogo para a equipa de Tata Martino foi em Atlanta, no Mercedes Benz Arena, a casa dos atuais campeões. Depois de terem conquistado pela primeira vez a competição, o clube agora orientado pelo holandês Frank De Boer definiu como objetivo principal para esta temporada voltar a erguer o troféu. E por isso, o Atlanta United é, para além do clube mais temido, aquele que todos os concorrentes querem deitar abaixo e eliminar dos play-offs. Com uma equipa bastante equilibrada, com destaque para o guarda-redes Brad Guzan e para o avançado Josef Martínez, este ano pode voltar a ser um ano de sucesso para os lados da cidade de Atlanta.

Anterior1 de 4Próximo

Comentários