Anterior1 de 6

São alguns os clubes que têm academias que reconhecemos regularmente como “ninhos de talento”. Ano após ano, apontamos sempre novos nomes que prometem fazer as delícias dentro das quatro linhas, e quase por tradição acabamos todos por trazer ao de cima o nosso lado de olheiro. Com a criação da Youth League, ficou mais fácil descobrir o despontar de talentos, numa fase em que cada vez mais clubes assumem a estratégia de lançar prodígios dos escalões de formação.

Neste artigo, encontramos clubes que, tanto no presente como no passado, lançam jogadores para a ribalta com regularidade. Nesta tarefa complicada de escolher apenas cinco, ainda houve espaço para incluir duas formações portuguesas.

Anterior1 de 6

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome