Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho Futebol Internacional

No mês em que completa 27 anos de idade, Kirill Panchenko, o versátil avançado que esta época está por empréstimo no FC Dynamo Moscovo da 2ª divisão da Rússia, consegue, contra todas as expectativas, uma chamada à selecção russa para disputar o particular do próximo dia 9 de Outubro frente à Costa Rica em Krasnodar.

Não foram muitos os jogadores que, alinhando fora do escalão maior do futebol russo / soviético, conseguiram um lugar na equipa nacional. Na verdade, apenas nove jogadores concretizaram esse feito em 60 anos, destacando-se entre eles Viktor Ponedelnik, Vladimir Fedorov e Dmitry Radchenko.

Panchenko é um invulgar caso de sucesso nos dias que correm no futebol russo. Pertencente aos quadros do CSKA Moscovo, Kirill estava longe de ser uma opção constante de Leonid Slutsky e nem a saída, há muito esperada, de Ahmed Musa para o futebol inglês fez com que o técnico dos Armeitsy reservasse para Panchenko um lugar no onze da formação moscovita.

Kirill chegou ao FC Dynamo Moscovo pela mão do antigo director desportivo do clube Roman Oreschuk no início de Julho deste ano, após longas conversações com os responsáveis do CSKA. Oreschuk, que deixou os Musora no mês passado, não ficou surpreendido com a chamada de Panchenko à Sbornaya, nem com a excelente temporada que o versátil avançado está a realizar. O número 8 da formação moscovita, que à data deste artigo já apontou 11 golos em 13 jogos disputados na FNL, tem sido talvez o maior destaque da 2ª divisão do futebol russo e lidera com grande à vontade a tabela dos melhores marcadores. Segundo Oreschuk, a opção de Stanislav Cherchesov, o homem que substituiu Leonid Slutsky ao leme da selecção russa, faz todo o sentido, uma vez que, segundo o antigo director desportivo do FC Dynamo Moscovo, é preferível convocar um atleta que tenha marcado 11 golos, do que outro que tenha apenas apontado 3 ou 4 golos só porque este último alinha num clube do primeiro escalão.

Os dias de Panchenko ao serviço do CSKA Moscovo Fonte: rsport.ru
Os dias de Panchenko ao serviço do CSKA Moscovo
Fonte: rsport.ru

Panchenko é, acima de tudo, um avançado versátil e não propriamente um homem de área. As suas excelentes qualidades técnicas e refinado sentido táctico fazem dele um jogador de enorme qualidade, extremamente útil quer no plano individual quer na manobra ofensiva da sua equipa.

O FC Dynamo Moscovo, que na temporada passada e pela primeira vez na sua longa história, foi despromovido à FNL (2ª divisão russa), domina a seu belo prazer a competição, tendo até ao momento apenas o FC Tosno como principal antagonista. Panchenko, por sua vez, encontrou na formação orientada pelo experiente Yuri Kalitvintsev o lugar ideal para voltar a dar nas vistas, uma vez que a sua passagem pelo CSKA Moscovo teve poucos momentos de particular brilho.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários