O futebol é, cada vez mais, um negócio que move milhões e milhões de euros e que consiste na transferência de ativos de um clube para a outro a troco de um exagerado valor monetário. O que hoje é uma pechincha, há uns anos atrás era um balúrdio, e muitos defendem que isto é algo que apenas vem denegrir e desformatar o desporto rei.

Todos os clubes têm uma vasta equipa que analisa detalhadamente os jogadores antes de estes se tornarem em alvos de interesse, para que todas as contratações sejam o mais certeiras e proveitosas possíveis. São inúmeros os casos em que isto aconteceu e são vários os clubes que cresceram devido às boas contratações que fizeram.

Ainda assim, e como sempre acontece, nem tudo pode correr bem, e há vários jogadores que, por razões não tão positivas, também acabam por se destacar nos clubes por onde passam, e que por isso também não são facilmente esquecidos pelos adeptos.

Assim, fazemos hoje uma lista das cinco transferências menos bem sucedidas (flops) do futebol europeu, marcada por nomes que, por uma ou outra razão, deixaram muito a desejar tendo em conta aquilo que deles era esperado.

Anúncio Publicitário