Apuramento Mundial 2022: Quarta-feira, 19h45, 24 de março 2021

ANTEVISÃO: NÃO BASTA VENCER

Um jogo que se prevê quase de sentido único, não fosse opor o quinto classificado do Ranking FIFA, Portugal, e o 108.º. Fernando Santos poderá aproveitar o encontro para poupar alguns jogadores para o encontro frente à Sérvia, mas mesmo assim, o equilíbrio na qualidade da seleção obriga a que este seja um jogo para vencer e convencer.

VÃO COMEÇAR OS PORTUGUESES COM UMA VITÓRIA NESTA QUALIFICAÇÃO RUMO AO QATAR? SABES COMO VAI FICAR O RESULTADO CERTO? ENTÃO, APOSTA JÁ EM BET.PT!

Anúncio Publicitário

O Azerbaijão nos sete jogos que fez em 2020, perdeu dois (Montenegro e Luxemburgo), empatou quatro (Chipre, Eslovénia, Montenegro e Luxemburgo) e venceu um frente ao Chipre. Por sua vez, Portugal venceu cinco jogos (Croácia, Andorra, Suécia), empatou dois (Espanha e França) e perdeu um, com a França, em 2020.

O entrosamento que a seleção do Azerbaijão poderá apresentar, não fosse os selecionados jogarem todos no principal campeonato azerbaijano, não pode chegar para a qualidade, intensidade e “química” das quinas. A formação lusa vai querer certamente vencer por uma margem sólida, sabendo também da importância que isso tem para marcar uma posição no grupo de apuramento.

10 DADOS RÁPIDOS

  1. Nos últimos sete encontros do Azerbaijão houve em média 0,86 golos por jogo.
  2. Nos últimos oito jogos de Portugal houve em média 2,88 golos por jogo.
  3. O Azerbaijão vem de quatro empates a zero consecutivos.
  4. Em 2020, Portugal só não conseguiu marcar contra a França e Espanha.
  5. A equipa das quinas sofreu golos em três dos últimos 10 jogos.
  6. O Azerbaijão só marcou golos em dois dos últimos dez jogos que disputou.
  7. Nas seis partidas disputadas entre as duas seleções, cinco vitórias lusas e um empate.
  8. Portugal marcou em todos os jogos que fez frente ao Azerbaijão
  9. O Azerbaijão tem um golo marcado nos seis jogos frente a Portugal
  10. Nos seis encontros entre as duas formações há em média 3,16 golos por jogo

 

JOGADORES A TER EM CONTA

Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

Pedro Neto (Portugal) – As contas são fáceis, uma internacionalização A, um golo. Pedro Neto teve uma estreia de sonho contra Andorra, e o caminho incrível que vem traçando na Liga inglesa deu-lhe a possibilidade de entrar na convocatória. O poder de explosão, a intensidade, a técnica e a capacidade ofensiva poderá colocar a cabeça da defesa do Azerbaijão em água. Pedro Neto deverá figurar o XI inicial, tanto pela qualidade e a forma que vem apresentado, como por uma possível rotação de Fernando Santos.

Mahammadaliyev (Azerbaijão) – O guardião do Qarabağ em muito tem contribuído para a boa média de golos sofridos do Azerbaijão. Mahammadaliyev poderá não ser uma surpresa muito agradável para os jogadores lusos, que terão uma barreira difícil para ultrapassar. Nestes jogos mais desequilibrados alguns guarda-redes acabam-se por se revelar mais um pouco, e parece que esta partida tem os condimentos necessários para tal.

 

XI’S PROVÁVEIS

Portugal: Anthony Lopes, Cédric, José Fonte, Rúben Dias, Nuno Mendes, Sérgio Oliveira, João Moutinho, Renato Sanches, Pedro Neto, Diogo Jota e Ronaldo.
Treinador: Fernando Santos: “Na teoria é tudo muito bonito, mas os pontos ganham-se em campo”.

Azerbaijão: Mahammadaliyev, Guseynov, Badalov, Mustafazade, Medvedev, Qarayev, Ibrahimli, Huseynov, Salahli, Sheydaev e Ghorbani.

Treinador: Gianni De Biasi:“Vai ser o nosso primeiro jogo nesta fase de qualificação e nós não temos nada a perder”

 

PREVISÃO DE RESULTADO: Portugal 4-0 Azerbaijão

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome