Anterior1 de 7Próximo

Cabeçalho Futebol Internacional

Foi com um dramático golo ao cair do pano, concretizado pelo veterano Selçuk Inan através de um livre direto, que a Turquia abriu as portas do Europeu de 2016. Depois de um início de qualificação bastante comprometedor, com duas derrotas e um empate em apenas três jogos, a seleção orientada por Fatih Terim conseguiu inverter o rumo dos acontecimentos e alcançou o tão desejado apuramento para a fase final do Campeonato da Europa. Abram alas para a melhor terceira classificada da fase de qualificação e que ainda pode ter uma palavra a dizer!

Prever a campanha da seleção orientada por Fatih Treim pode ser um exercício bastante complicado. No Mundial de 2002, a seleção turca surpreendeu tudo e todos ao conseguir alcançar as meias-finais perdendo apenas para o campeão Brasil. Seis anos mais tarde, no Europeu de 2008 e já com Fatih Terim ao comando, os turcos voltaram a surpreender tudo e todos. Depois de uma derrota no jogo inaugural frente a Portugal, por 2-0, a seleção turca foi capaz de “bater o pé” à Suíça, à República Checa e ainda à Croácia sendo apenas travada, nas meias-finais, pela Alemanha, num jogo eletrizante que terminou com uma vitória por 3-2 a favor dos alemães. Já em relação à fase de apuramento para o Europeu de 2016… já não há nada a dizer! Mais uma prova de que a seleção turca está disposta a lutar por um resultado favorável até ao último minuto!

Anterior1 de 7Próximo

Comentários