Anterior1 de 2Próximo

O Mundial está aí à porta e ultimam-se os últimos prognósticos, nomeadamente o de quem levantará o ‘caneco’ a 15 de julho. Para lá do mais desejado troféu coletivo, também serão distinguidos o melhor guarda-redes, o melhor jogador e o melhor marcador. É precisamente neste último em que nos focamos: quem será o artilheiro do campeonato do mundo?

Certamente haverá surpresas, mas, nesta fase, os maiores candidatos são nomes inevitáveis: Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Neymar Jr, Thomas Muller ou Antoine Griezmann. Cinco nomes fulcrais de cinco seleções candidatas.

Mas, claro, não temos que olhar apenas para o nome do jogador ou da seleção, temos também que analisar o contexto que vão encontrar. Assim, olhando para o grau de dificuldade dos grupos, podemos juntar ao lote de candidatos mais alguns nomes.

O Principal adversário da Inglaterra na fase de grupos será a Bélgia
Fonte: The FA

Luís Suaréz e Edinson Cavani compõem uma das duplas mais letais das 32 seleções e, num grupo relativamente acessível, podem cavar uma vantagem para os restantes candidatos. No entanto, o cruzamento com o grupo de Portugal e Espanha pode indica uma eliminação nos oitavos-de-final da prova. Bélgica e Inglaterra encontrar-se-ão na fase de grupos e são amplamente favoritos, sendo que dos seus pontas-de-lança, Romelu Lukaku e Harry Kane, respetivamente, são esperados contributos fortes, atendendo também ao cruzamento com o grupo H (de Polónia, Colômbia, Japão e Senegal) que não conta com nenhum “papão”. Precisamente no grupo H, mais dois nomes se levantam como ‘outsiders’ a receber o prémio de melhor marcador: o colombiano James Rodriguez, que pretende revalidar o prémio conquistado há quatro anos no Brasil e o polaco Robert Lewandwoski, melhor marcador da fase de qualificação europeia.  

Anterior1 de 2Próximo

Comentários