O Percurso

Fonte: SMF

O apuramento para o Mundial da zona CONCACAF está dividido em duas fases de grupos, sendo que a primeira fase tem três grupos, cada um com dois lugares de acesso à segunda fase. Essa segunda fase, composta pelas seis selecções qualificadas da primeira fase, é a que apura directamente as três primeiras selecções, enquanto que a quarta classificada disputa um Play-off de acesso.

Na primeira fase, inserida no mesmo grupo da selecção das Honduras, Canadá e El Salvador, terminou em primeiro lugar, com 16 pontos em 18 possíveis. No total dos seis jogos, venceu cinco e empatou um, com um registo de 13 golos marcados e um sofrido. De salientar que o empate foi somente no último jogo de todos, contra as Honduras. Uma vez qualificados para a segunda fase e disputando o acesso directo com Panamá, Costa Rica, Honduras, Estados Unidos da América e Trinidade e Tobago, o registo não ficou muito atrás, não deixando qualquer dúvida sobre qual seria o candidato mais forte ao primeiro lugar. Nos dez jogos desta fase de qualificação, venceu seis, empatou três e perdeu um, sendo a derrota novamente aplicada na última jornada (e novamente contra as Honduras!), quando a primeira posição já se encontrava assegurada. Qualificou-se para o Campeonato do Mundo 2018 com 21 pontos, 16 golos marcados e sete sofridos.

Podemos dizer que foi um percurso praticamente imaculado.