SITE TEMPORÁRIO

25 de Janeiro, 2022

Treinador Equipa FC Barcelona

5 treinadores que orientaram clubes em que brilharam como jogadores

Xavi é o mais recente treinador a regressar a um clube onde já foi feliz enquanto jogador. Este é um percurso bastante comum e continuará a ser. Muitos foram ídolos enquanto jogadores e a sua receção depois enquanto treinadores torna-se mais fácil, pois os adeptos já foram conquistados noutros tempos.

É claro que nem sempre serem ícones enquanto jogadores é sinonimo de que se vão tornar bons treinadores e apresentar resultados positivos, sendo que não faltam exemplos de casos destes. É por isso que nesta lista só constarão treinadores que conseguiram ter sucesso nos dois papéis e no mesmo clube.

O FC Barcelona é um clube já habituado e com resultados positivos nesta transferência de jogadores para treinadores, no entanto também Koeman foi um grande nome enquanto jogador do clube e depois enquanto treinador os seus resultados foram negativos.

Xavi tem de mostrar ser mais um jogador capaz de se transformar num treinador de qualidade, e pelo que já mostrou na sua curta carreira de treinador, o futebol que pretende é inspirado nos vários treinadores que teve.

 

5. A lenda de Milão

Carlo Ancelotti – Um dos treinadores mais conceituados do Futebol e que já treinou várias equipas de renome. Enquanto jogador apenas conheceu o campeonato italiano e três equipas: o Parma Calcio 1913, a AS Roma e o AC Milan. Foi neste último que brilhou enquanto jogador e mais tarde enquanto treinador.

O antigo médio italiano, ao serviço da equipa de Milão, conquistou duas Ligas dos Campeões, duas Taças Intercontinentais e duas Supertaças Europeias. Isto tudo sem contar com as três ligas italianas que conquistou, uma delas ainda ao serviço da AS Roma.

Enquanto treinador o seu palmarés é ainda mais rico, sendo que também no AC Milan conquistou duas Ligas dos Campeões, duas Supertaças Europeias, um Campeonato do Mundo de Clubes e ainda uma liga italiana, uma taça de Itália e uma supertaça. Ancelotti é um ícone em Milão, tendo marcado a sua história tanto enquanto jogador como enquanto treinador.

 

4. “Senhor Liga dos Campeões”

Zinedine Zidane – Foi uma lenda no Real Madrid CF e um dos melhores jogadores do Mundo na sua posição. O francês já havia brilhado na Juventus FC, conquistando aí os seus primeiros títulos europeus, mas foi no Real Madrid CF que conquistou a Liga dos Campeões que tem no seu palmarés enquanto jogador. Foram cinco épocas de grande nível em Madrid que o tornaram um dos melhores jogadores que já passaram pelo clube, tendo conquistado também uma liga espanhola e duas supertaças.

Depois de se retirar, Zidane foi ainda Diretor Desportivo do Real Madrid CF antes de se tornar treinador-adjunto de Carlo Ancelotti. Toda a sua carreira de treinador tem sido feita em Madrid, tendo treinado ainda a equipa B antes de assumir o cargo de treinador principal do Real Madrid CF.

Zidane é muitas vezes considerado um treinador mais pobre a nível tático, no entanto e apesar de todas as críticas é indiscutível o seu trabalho em Madrid na conquista das três Ligas dos Campeões seguidas. O Real Madrid CF tinha uma equipa de luxo que liderada por Zidane conseguiu uma hegemonia europeia durante esses três anos. Em Espanha, o antigo internacional francês também conseguiu vencer a liga duas vezes.

 

3. A raça dentro e fora de campo

Diego Simeone – Simeone manteve-se igual tanto dentro como fora de campo. Enquanto jogador era duro e lutava por cada lance até à última, deixando tudo em campo, já enquanto treinador a sua imagem é igual, com uma exigência máxima e um estilo de jogo físico e imponente.

Diego Simeone não foi um jogador que muitos tenham como favorito ou o melhor, mas a verdade é que por onde passou é sempre relembrado e marcou a história dos clubes e disso poucos se podem orgulhar. Apesar da sua única Liga Europa enquanto jogador ter sido conquistada ao serviço do FC Internazionale Milano e ter feito história com a conquista da Liga italiana pela SS Lazio, o seu nome aparece nesta lista pela sua passagem pelo Club Atlético Madrid, onde venceu uma liga espanhola e uma taça de Espanha.

Enquanto treinador é já uma lenda em Madrid, estando no cargo de treinador principal há 11 épocas. É claro que nem sempre teve sucesso, mas o mérito de se conseguir intrometer na luta pelo título é de louvar e sempre com um estilo de jogo único. Enquanto treinador em Madrid, Simeone já conquistou duas Liga Europa, duas Supertaças europeias, duas ligas espanholas e uma taça de Espanha.

 

2. O mestre da tática

Johan Cruijff – Enquanto jogador marcou uma geração dos Países Baixos, do AFC Ajax e do FC Barcelona, e só isso bastava para apresentar Cruijff, mas a verdade é que um nome tão importante para o Futebol não fica por aí. Mais tarde tornou-se treinador e revolucionou o jogo nos mesmos clubes, tendo uma carreira de técnico tão boa quanto teve em jogador.

Enquanto jogador nos clubes de Amesterdão e de Barcelona, o neerlandês conquistou uma Taça Intercontinental, três Ligas dos Campeões, uma Supertaça europeia, nove ligas neerlandesas e uma liga espanhola.

Já a sua carreira de treinador não foram apenas os títulos, que foram vários, mas também o futebol que punha as suas equipas a jogar, envolvendo uma troca de bola constante e um controlo de jogo invejável. Cruijff será sempre um dos mestres da tática do Futebol, elaborando o tiki-taka que Guardiola mais tarde viria a transformar em mais títulos.

 

1. O génio do “tiki-taka”

Pep Guardiola – Se Cruijff e Rinus Michels criaram táticas e um futebol atrativo, Guardiola colheu todas essas ideais e, aliando tudo isso com um plantel de qualidade, mostrou tudo o que o “tiki-taka” poderia dar.

Guardiola foi um ícone do FC Barcelona enquanto jogador, sendo capaz de colher todos os conhecimentos dos treinadores que teve. Conquistou seis ligas espanholas, duas taças de Espanha, uma Liga dos Campeões e duas Supertaças europeias.

Se enquanto jogador já era um líder e alguém conhecedor dos diferentes ritmos e tempos de jogo, foi enquanto treinador que meteu todos esses conhecimentos em prática levando-o à conquista de vários títulos e a ser considerado um dos, se não o melhor treinador do Mundo.

A sua equipa do FC Barcelona foi das equipas que mais prazer dava ver a jogarem, sempre tendo o controlo do jogo e uma qualidade de passe incapaz de ser copiada. Foi tricampeão espanhol, venceu duas Ligas dos Campeões, três Supertaças europeias e outros tantos campeonatos do Mundo de clubes.

Pep Guardiola é um dos melhores treinadores do Mundo e na maioria da sua carreira sempre com regularidade e com um Futebol atrativo, muito difícil de ser travado.

Treinador