Anterior1 de 3Próximo

Depois de surpreender o mundo do andebol ao bater o poderoso THW Kiel na Alemanha, o FC Porto voltou a deixar uma excelente imagem de si ao sair derrotado por apenas um golo frente aos alemães no Dragão Arena.

Entrando para esta jornada com apenas uma derrota nos últimos nove jogos em casa, apesar de ter perdido o efeito surpresa, os dragões mostravam argumentos para voltar a levar de vencida a equipa alemã.

Mais uma vez o equilíbrio pautou o desafio. Durante o primeiro tempo, os azuis e brancos estiveram sempre na frente do marcador e conseguiram mesmo uma vantagem de três golos ao aproveitarem uma dupla exclusão do lado do Kiel com dez minutos para o intervalo. As zebras reduziriam a desvantagem e assim o Porto ia para o descanso na frente (16-14).

A segunda parte começou com a vantagem portista a aumentar para cinco de diferença quando Diogo Branquinho, Victor Iturriza e Daymaro Salina fizeram um parcial de 3-0 que deixou o resultado em 19-14.

No entanto, o Kiel não é uma equipa qualquer, e golo a golo foi diminuindo a desvantagem, chegando ao empate aos 46 minutos – a última igualdade tinha acontecido aos quinze minutos quando Magnus Jacobsen fizera o 9-9.

Apesar da aproximação germânica, os dragões não se deixaram aterrorizar e voltaram para a frente, fazendo o 26-24 já dentro dos dez minutos finais. Essa vantagem de dois golos iria-se manter até aos dois minutos finais, mas aí a maior experiência competitiva e algum cansaço azul e branco acabaram por ser determinantes.

O Kiel empatou a partida a 29 e, a cinco segundo do fim, o lateral-direito Harald Reinkind marcou o seu oitavo golo da noite ao rematar sem oposição dos nove metros, fazendo o 29-30 e dando a vitória aos visitantes, a sexta em oito jogos na competição.

Apesar da derrota, Magnus Andersson e a sua equipa devem ficar orgulhosos da sua prestação nas duas últimas jornadas ao mostrarem que têm capacidade de jogar olhos nos olhos com as melhores equipas da Europa. Na próxima jornada, os dragões irão enfrentar o Montpellier em França.

EQUIPAS

FC Porto – Alfredo Quintana, Victor Iturriza (6), Yoan Balasquez (5), Miguel Martins (1), Djibril Mbengue (3), Rui Silva (3), Daymaro Salina (1), Ruben Ribeiro, Leonel Fernandes, Alexis Borges (1), Diogo Branquinho (4), Thomas Bauer, Bernardo Pegas, André Gromes (3) e Fábio Magalhães

THW Kiel – Niklas Landin, Domagoj Duvnjak (2), Harald Reinkind (8), Magnus Landin(9), Patrick Wiencek, Dario Quenstedt, Ole Rahmel (2), Rune Dahmke, Miha Zarabec, Pavel Horal, Nikola Bilyk (4), Hendrik Pekeler (4) e Lukas Nilsson

Anterior1 de 3Próximo

Comentários