O FC Porto foi este sábado à Roménia carimbar a passagem à segunda eliminatória da Taça EHF. Na primeira mão, os dragões bateram os atuais detentores da Taça Challenge, Potaissa Turda, por 41-21. Jogo de sentido único, com uma solidez defensiva e organização fantásticas da equipa portuguesa – já se nota o contributo de Magnus Andersson. O técnico deu enfâse precisamente à boa prestação defensiva dos dragões, que tornou a tarefa muito mais fácil.

Miguel Alves destacou-se no jogo da primeira mão ao apontar sete golos, assim como André Gomes, que marcou seis tentos.

A segunda mão foi bem mais complicada tal como se previa, dificultada pelo caloroso ambiente no pavilhão do Potaissa Turda. O FC Porto entrou ligeiramente desconcentrado e a perder no jogo, passando quase toda a primeira parte em desvantagem – ao intervalo perdia por 15-12. Os azuis e brancos não colocaram tanta intensidade e fizeram rodar alguns jogadores. A equipa portuguesa, que nunca sentiu a eliminatória verdadeiramente ameaçada, acabou por vencer por 24-27 ao realizar uma grande segunda parte. O resultado total da eliminatória foi de 68-45, o que demonstra a clara superioridade do FC Porto.

O FC Porto levou para a Roménia uma confortável vantagem de 20 golos
Fonte: FC Porto

Os dragões tentam então fazer companhia aos bi-campeões nacionais, Sporting CP, e competir na maior prova de clubes do andebol mundial. As equipas portuguesas têm uma dura tarefa nesta competição ao defrontarem os maiores tubarões da modalidade – é certo que ainda não há rendimento suficiente para Sporting e Porto baterem as grandes equipas do andebol europeu, mas afirmaria que, em termos de qualidade, os melhores clubes portugueses estão num nível entre a Taça Challenge e Taça EHF, o que pode certamente resultar em boas surpresas. O Sporting no ano passado conseguiu alguns bons resultados na fase de grupos da Taça EHF e não viu o apuramento assim tão longe: terminou a fase de grupos em quarto lugar, conseguindo quatro vitórias e um excelente resultado frente ao Montpellier (que acabou por vencer a prova) ao perder por 33-32 em França.

O FC Porto vai enfrentar o SKA Minsk, da Bielorrússia, na segunda eliminatória, no mês de outubro.

Foto de Capa: FC Porto

Comentários