Portugal e Suíça voltaram a encontrar-se esta sexta feira (dia seis), depois da derrota portuguesa por 28-27, na passada quarta feira (dia quatro). O jogo realizou-se em Coimbra, no pavilhão Multidesportos Dr. Mário Mexia e teve transmissão exclusiva na TVI24. Estes jogos serviram de preparação para o Play-off do Mundial 2019, onde Portugal vai enfrentar a Sérvia.

Portugal queria responder à derrota da melhor forma ao jogo que ficou marcado por 12 golos sofridos de contra-ataque pela seleção nacional.

A equipa das quinas começou o jogo ligeiramente desconcentrada e isso fez-se notar no resultado nos minutos iniciais (3-6 aos nove minutos). A coesão da equipa da Suíça dificultou a chegada da ofensiva portuguesa à zona de seis metros. As soluções passavam, muitas vezes, por remates de meia distância de Gilberto Duarte e João Ferraz. Com a entrada de Miguel Martins, a seleção conseguiu ganhar mais dinâmica e voltar ao resultado. O jovem de 20 anos entrou e marcou de imediato dois golos de grande classe (9-10). Portugal conseguiu corrigir as lacunas defensivas ao longo da primeira parte e aos 26 minutos chegou pela primeira vez à liderança (11-10) mesmo com um a menos (Alexis Borges sofreu a primeira exclusão do jogo). Antes do intervalo, Portugal a pressionar muito bem a Suíça e a ir para o descanso a vencer por um golo (12-11).

Os jogos de preparação entre Portugal e Suíça ficaram marcados pelo equilíbrio
Fonte: Federação Portuguesa de Andebol

A segunda parte começou muito equilibrada e a tendência do jogo manteve-se. Alfredo Quintana, que trocou com Hugo Figueira por volta dos 20 minutos da primeira parte e com Humberto Gomes aos 10 da segunda, ia fazendo um bom jogo, com excelentes defesas. Portugal ia insistindo em remates de nove metros, com recurso a muitos cruzamentos, e em passes para o pivô. O treinador da seleção nacional, Paulo Pereira, apostava na rotação dos jogadores, face às muitas escolhas que tem. Aos 15 minutos da segunda parte, o resultado era 18-17. O jogo apresentava uma fase menos ativa com as equipas a gerirem esforço e a diminuírem o ritmo. Aos 17 minutos, a Suíça voltava a estar em vantagem (18-19).

A Suíça conseguiu chegar a uma vantagem de dois golos aos 24 minutos, encontrando-se numa fase ascendente no jogo. Para inverter o rumo, o treinador português pediu um Time-Out e a equipa reagiu de imediato com dois golos de rajada para empatar (22-22). Os adeptos faziam-se ouvir e pediam a vitória mas a Suíça batia-se arduamente.

Anúncio Publicitário

Portugal falhou o último ataque num remate do pivô, Tiago Rocha, aos seis metros com uma boa defesa do guarda redes suíço, Nikola Portner, que realizou um excelente jogo. A Suíça, ainda com trinta, acabou por marcar no último ataque e vencer novamente Portugal, desta vez por 23-22. Destaco o jogo de Luka Maros, que marcou sete golos pela Suíça.

A seleção nacional mostrou que tem qualidade para surpreender a Sérvia no Play-off mas tem de evitar falhanços em momentos chave do jogo, como aconteceu no jogo de hoje. Aumentar a concentração e a frieza coletiva.

Portugal vai realizar os jogos de Play-off no dia 10 de Junho, na Sérvia, e no dia 14, em Portugal. Estes jogos foram a última oportunidade para o técnico Paulo Pereira testar a equipa antes dos jogos de Play-off contra a Sérvia.

Como jogou Portugal: Diogo Branquinho, João Ferraz, Rui Silva, Gilberto Duarte, Hugo Figueira, Daymaro Salino, Pedro Portela.

Como jogou a Suíça: Dimitrij Kuttel, Lenny Rubin, Luka Maros, Maximilian Gerbl, Samuel Zehnder, Lucas Meister, Nikola Portman.

Foto de Capa: Andebol Portugal