Cabeçalho modalidades

Após ter sido eliminado pela campeã europeia, França, Portugal defrontou hoje a Rússia, por um lugar no top 5 da competição.

Ambas as equipas acusaram a desmotivação de terem sido eliminadas nos quartos de final e entraram em campo num ritmo baixo, criando poucas situações de golo. Apesar da baixa velocidade da partida, Portugal entrou melhor e, aos nove minutos, vencia 6-2, o que fez com que o treinador dos russos pedisse o primeiro time-out da partida. A partir desse momento a seleção russa dominou toda a partida. Volvidos dez minutos, o jogo encontrava-se empatado em noves golos e, no final da primeira parte, o resultado era 12-9 a favor dos russos.

O esforço e a dedicação de Manuel Gaspar foram inglórios Fonte:HANDBALLGEO2017
O esforço e a dedicação de Manuel Gaspar foram inglórios
Fonte:HANDBALLGEO2017

Na segunda parte, tivemos um jogo de sentido único em que a Rússia dominou totalmente, vencendo a partida por uns claros 33-26. Apesar de inicialmente Portugal não ter acusado a ausência de André Gomes, nos últimos jogos a equipa tem tido sérias dificuldades em pôr em campo o plano ofensivo e em encontrar soluções para superar a oposição adversária, o que tem causado vários problemas.

Portugal joga amanhã às 7h30 frente ao Japão, num jogo em que se encontra em disputa o 7º e o 8º lugar.

Foto de Capa: HANDBALLGEO2017

Artigo revisto por: Beatriz Silva

 

Comentários