Anterior1 de 3Próximo

O Sporting CP partia para a Finlândia com a obrigação de vencer, caso quisesse manter as aspirações europeias bem vivas. No entanto, Thierry Anti não podia contar com peças fundamentais para sua estratégia como Frankis Carol ou Edmilson Araújo. Mesmo tendo em conta as ausências, os leões partiam com tremendo favoritismo e tinham mais do que obrigação de vencer o Cocks.

EXIBIÇÃO PAUPÉRRIMA DO SPORTING CP DITA DERROTA EM JOGO EQUILIBRADO

O equilíbrio foi a nota dominante durante todo o encontro. Os leões até começaram bem e inauguraram o marcador, mas cedo se percebeu que o jogo ia ser bastante equilibrado. A maior vantagem conseguida por algumas das equipas foi de dois golos. Desta forma, foi sem grande surpresa que o resultado ao intervalo era de 12-11, favorável aos finlandeses. Durante a primeira parte, mais uma contrariedade para equipa de Alvalade. Pedro Valdez lesionou-se e não mais pôde dar o seu contributo.

No segundo tempo, mais do mesmo. A equipa do Sporting CP continuava a mostrar pouca imaginação no processo ofensivo, enquanto os finlandeses prolongavam os seus ataques e, na maioria das vezes, Teemu Tamminen acabava por resolver. Assim, o jogo chegou aos últimos cinco minutos empatado. Nesse momento, o resultado acabaria por sorrir ao Cocks. Uma ou outra decisão da equipa de arbitragem pouco compreensível, mas sobretudo decisões erradas nos momentos mais importantes justificam este resultado. O Cocks somou assim a segunda vitória nesta fase de grupos e o Sporting CP a segunda derrota.

DERROTA DOLOROSA PODE SIGNIFICAR FIM DO SONHO EUROPEU

Esta derrota pode muito bem significar e eliminação do Sporting da Liga dos Campeões de andebol. A equipa de Anti tem obrigação de fazer mais e melhor. Os leões ficam agora dependentes de resultados menos conseguidos de equipas como o Savehof ou o Bidasoa. A equipa de alvalade desloca-se agora a Gaia em mais um jogo do campeonato e, no próximo fim-de-semana, recebe a equipa do Cocks.

SETE INICIAL

Riihimäki Cocks – Vitalii Shitsko (GR), Teemu Tamminen, Vitalie Nenita, Nico Rönnberg, Roni Syrjälä, Yury Semenov, Yury Lukyanchuk

Sporting CP – Aljosa Cudic (GR), Arnaud Bingo, Pedro Valdez, Tiago Rocha, Nemanja Mladenovic, Carlos Ruesga, Valetin Ghionea

Anterior1 de 3Próximo

Comentários