Anterior1 de 3Próximo

SL Benfica e FC Porto defrontaram-se hoje na 11.ª jornada do Andebol 1, a primeira divisão do andebol nacional masculino, em mais uma demonstração de força dos dragões ao vencerem por dez golos de diferença.

O encontro começou equilibrado, mas foi sol de pouca dura visto que depressa o Porto conseguiu chegar a uma vantagem de três golos quando fez o 1-4 com apenas cinco minutos jogados. A equipa da casa iria responder, mas apesar dos seus esforços em diminuir a vantagem portista a verdade é que os azuis e brancos iam-na mantendo e até aumentando com o passar do tempo.

O momento-chave do jogo pode-se dizer que foi o período entre os 16 e os 22 minutos da primeira parte. Foi nesta altura que um parcial de 5-0 por parte dos dragões fez o marcador disparar de 9-11 para 9-16, obrigando Carlos Resende a pedir um time-out. Contudo, nada mudaria nos encarnados que se viram a perder por 11-18, ao intervalo.

No segundo tempo, o domínio portista iria continuar, com os comandados de Magnus Andersson a controlarem o ritmo do jogo e a gerirem a vantagem conquistada durante os primeiros trinta minutos da partida, que lhes permitiu rodar a equipa de forma a não se sobrecarregarem fisicamente.

O lateral-esquerdo dos encarnados Petar Djordjic ia sendo o mais inconformado com o resultado, ele que terminaria como melhor marcador do encontro com oito golos, mas o coletivo dos campeões nacionais provou ser mais forte e acabou a levar os três pontos para a cidade Invicta.

O FC Porto mantém assim a sua invencibilidade no campeonato com onze vitórias em onze jogos e no segundo lugar da classificação em igualdade pontual com o primeiro Sporting CP com a diferença de golos a desempatar os dois conjuntos. Já o SL Benfica continua em terceiro lugar com 29 pontos, mais sete que o quarto, o Boa Hora FC.

EQUIPAS

SL Benfica – Davide Carvalho (2), Romé Hebo, Pedro Marques (1), Rene Toft-Hansen (1), Kévynn Nyokas (3), Belone Moreira, Paulo Moreno (1), Ricardo Pesqueira (1), Borko Ristovski, Carlos Molina (3), Carlos Martins, Nuno Grilo, Fábio Vidrago (2), Gustavo Capdeville, Petar Djordjic (8), Francisco Pereira (1).

FC Porto – Alfredo Quintana, Victor Iturriza (6), Yoan Balasquez (1), Miguel Martins (2), Djibril Mbengue (4), Rui Silva (3), Daymaro Salina (2), Leonel Fernandes (2), Diogo Branquinho (4), Thomas Bauer, António Areia, Bernardo Pegas, André Gomes (5), Fábio Magalhães (2).

Anterior1 de 3Próximo

Comentários