Sporting campeão de Andebol | As 5 estrelas no jogo do título

    modalidades cabeçalho

    Era num João Rocha lotado, tal a solenidade do momento, que decorreu um clássico entre Sporting e FC Porto, que decidiria qual o vencedor do campeonato nacional de Andebol 23/24. De um lado, a equipa da casa que jogava com dois resultados , a vitória e o empate. Já do lado dos forasteiros apenas o triunfo na capital servia os interesses da turma orientada por Carlos Resende.

    Num duelo que não defraudou as expectativas, uma vez que se viveram momentos de grande emotividade competitiva, eis as cinco estrelas mais cintilantes de uma refrega que deu aos comandados de Ricardo Costa o título de campeões nacionais, que, e salvo melhor opinião, lhes assentou que nem uma luva! Isto antes de, previsivelmente, os conjuntos se poderem defrontar na final da Taça de Portugal a ter lugar na próxima semana, em Viseu.

     5- Jan Gurri

    Jan Gurri Sporting
    Fonte: Ana Paula Andrade / Bola na Rede

    Um jovem cheio de talento, mas com pouca rodagem ao mais alto nível do Andebol europeu, era assim que o espanhol chegava a Alvalade no começo da sua primeira época fora do país de nuestros hermanos. Aposta frequente, ainda que nem sempre inicial, por parte de Ricardo Costa, foi ganhando: maturidade , entrosamento e confiança que o atleta recém sénior se foi cotando como uma figura muito importante no trajeto verde e branco ao longo do ano. Muito rápido, eficaz e imprevisível nas ações que realiza, assumiu sempre grande relevância nas partidas chave da temporada do Sporting conseguindo por diversas vezes desequilibrar os jogos com o seu repentismo. Um andebolista com um amplo leque de recursos , soluções e malabarismos, caso se mantenha no emblema vencedor do céptro de campeão terá tudo para se evidenciar, ainda mais na temporada vindoura, por forma a poder saltar para patamares competitivos ainda de maior nomeada!

    4- Victor Iturriza

    Victor Iturriza
    Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

    Chegou ao nosso país para representar a Associação Atlética e Artística de Avanca e desde que rumou ao FC Porto que é peça fundamental do xadrez do clube da Invicta. Num encontro no qual e desde bem cedo se viu sem a companhia de Daymaro Salina, excluído à passagem dos 4’, nem assim se atemorizou com a superioridade ofensiva dos anfitriões, continuando a ser um dos esteios da turma visitante tanto a defender, onde é uma das referências da nossa Liga, como no ataque às redes verde e brancas. Totalizando mais de uma mão cheia de jogadas de belíssimo efeito, apontando sete tentos, o naturalizado português mostrou, novamente, toda a utilidade, garra e chama que aporta aos dragões. Ainda que não tenha visto todo o esforço recompensado com o título, que certamente almejava, sai do pavilhão do rival de Alvalade com razões para se sentir confiante com o nível que rubricou, não só hoje como nos tempos mais recentes. Este será dos elementos do conjunto azul e branco com mais chances de vingar, internacionalmente, na temporada vindoura.

    3- Fábio Magalhães

    Fábio Magalhães
    Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

    Um regresso a uma casa que bem conhece, pois representou o Sporting ao longo de várias temporadas, o atleta que se formou no ABC realizou uma partida bastante homogénia em todos os departamentos do jogo. Intenso, feroz e muito combativo a defender, revelou igualmente bastante assertividade, eficácia e contundência na hora de finalizar. Um veterano que cada vez mais parece  aumentar a regularidade sempre que está no terreno de jogo, demonstrando toda a experiência na gestão dos ritmos de um encontro de alto nível como vários que disputou ao longo deste campeonato. Com todas as condições para o vermos nos palcos maiores do Andebol europeu, pelo menos durante mais alguns anos, é daqueles praticantes que merece despedir-se destas lides com mais alguns títulos. Terá ele esse tão justo prémio?

    2 – Martim Costa

    Martim Costa
    Fonte: Ana Paula Andrade / Bola na Rede

    Um concretizador e um quebra-cabeças temível para as defesas contrárias, tal a potência de braço que ostenta o filho do técnico Ricardo Costa e, não obstante a sua tenra idade, é já um valor seguro da modalidade a nível mundial. A prová-lo está a distinção como  um dos membros da equipa “ideal” do recente Europeu, tornando-se assim apenas no segundo patrício agraciado com tamanho reconhecimento, depois de Carlos Resende. Muito difícil de contrariar, contestar ou parar, apontaria sete tentos de uma importância vital, sendo dos mais irrequietos, concentrados e determinados em campo neste fim de tarde na casa das modalidades verde e branca. Com um talento que não vira já há muito no panorama andebolístico nacional foi, salvo melhor opinião, e em conjunto com o mano Francisco, figura de proa num campeonato dominado de fio a pavio pelos da capital. A questão que se impõe é: poderão os leões manter andebolistas desta craveira durante muito mais tempo, impedindo-os de atuar onde realmente merecem estar e para onde parecem fadados?

    1 – Salvador Salvador

    Salvador Salvador
    Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

    Formado no Sporting, foi no pós pandemia que começou a ser figura de destaque no clube do coração e daí a capitão foi um piscar de olhos. Sempre muito focado, quer dentro como fora do terreno de jogo, o internacional português é uma personificação clara dos princípios inscritos no ADN do clube presidido por Frederico Varandas. Com, mais uma exibição de gala, o jovem que se estreou no escalão maior do nosso Andebol ao serviço do Boa Hora apontaria nove remates vitoriosos e realizaria outras tantas ações que não só levaram os adeptos do Sporting ao delírio, como motivaram ainda mais os restantes companheiros. Um nome a memorizar, Salvador Salvador é daqueles que promete dar muito que falar, tanto a nível de clubes como em representação da nossa seleção, sendo mais um dos atletas que a breve  trecho dará o salto para outras realidades competitivas.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Diogo Leite na mira de gigante da Serie A

    O AC Milan mostrou interesse em Diogo Leite. O...

    Final de Futsal: Sporting vence Braga no segundo jogo

    O Sporting venceu o Braga por 2-0 no segundo...

    Qualificação Mundial 2026: Cabo Verde vence e Angola empata com Camarões

    Disputaram-se esta terça-feira várias partidas africanas para a qualificação...

    Danilo Pereira: «Melhorámos aspetos desde o jogo com a Croácia»

    Danilo Pereira já reagiu ao encontro entre Portugal e...
    Diogo Rodrigues
    Diogo Rodrigueshttp://www.bolanarede.pt
    O Diogo é licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade Lusófona do Porto. É desde cedo que descobre a sua vocação para opinar e relatar tudo o que se relaciona com o mundo do desporto. Foram muitas horas a ouvir as emissões desportivas na rádio e serões em família a comentar os últimos acontecimentos/eventos desportivos. Sonha poder um dia realizar comentário desportivo e ser uma lufada de ar fresco no jornalismo. Proatividade, curiosidade e espírito crítico são caraterísticas que o definem pessoal e profissionalmente.