Cabeçalho modalidadesO Sporting recebeu hoje a equipa ucraniana do HC Motor no primeiro jogo europeu no novo pavilhão João Rocha. A equipa adversária era claramente favorita a vencer a partida, por ser das melhores equipas inseridas no grupo D.

Os forasteiros marcaram o primeiro golo na partida logo no primeiro minuto. Nos dois minutos os “leões” deram a volta ao marcador e passaram a vencer 2-1, única altura da partida em que a equipa portuguesa esteve em vantagem em toda a partida. Os minutos iniciais da partida foram equilibrados, com sucessivos empates. A boa entrada em jogo dos dois guarda-redes a ser um fator decisivo para que nenhuma equipa ganhasse vantagem inicialmente.

Apesar de os pupilos de Hugo Canela tentarem explorar os ataques rápidos (como é habitual) estes não traziam resultados, muito devido à falta de eficácia dos verdes e brancos. A defesa da equipa ucraniana encontrava-se muito forte e a meio do primeiro tempo o HC Motor vencia 6-8. O guarda redes russo da equipa do HC Motor fez uma exibição de grande qualidade durante toda a partida, terminando o jogo com 18 defesas.

O Sporting apresentava muitas dificuldades e aos 22 minutos já perdia 8-12. Para tentar mudar o rumo do jogo, Hugo Canela pediu time-out. Apesar de algumas boas intervenções de Manuel Gaspar, a equipa portuguesa não se consegui aproximar dos ucranianos e foi para o intervalo a perder 11-15. Esta equipa do Sporting acusou durante a primeira parte a ausência de Carlos Ruesga e Matej Asanin.

Aidenas Malsinskas foi uma autêntica dor de cabeça durante toda a partida  Fonte: EHF Champions League
Aidenas Malsinskas foi uma autêntica dor de cabeça durante toda a partida
Fonte: EHF Champions League

No começo da segunda parte o central espanhol entrou em campo para tentar melhorar a performance ofensiva do Sporting CP. No entanto, o HC Motor, uma equipa experiente nestas andanças, conseguia gerir o jogo e o resultado. O Lituano Aidenas Malasinskas também fez um jogo de grande qualidade. O jogo já não se encontrava fácil para a equipa da casa e aos 38 minutos as coisas pioraram ainda mais… O lateral direito Frankis Carol foi expulso após atingir na cara o guarda redes do HC Motor na marcação de um livre de 7 metros. A meio do segundo tempo o Sporting CP perdia 17-23.

Anúncio Publicitário

Esta desvantagem devia-se principalmente à falta de eficácia dos jogadores da equipa. Carlos Ruesga ainda tentou conduzir a equipa a recuperar da desvantagem, fazendo com que o técnico dos visitantes pedisse paragem de jogo aos 48 minutos, quando a sua equipa ganhava 18-23. Apesar da boa exibição de Edmilson e da tentativa de recuperação o Sporting acabou por perder 23-31, um resultado que acaba por ser excessivo para o que se passou durante os 60 minutos.

Edmilson Araujo (Sporting CP) e Igor Soroka (HC Motor) foram os melhores marcadores do jogo com cinco golos.