Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho modalidadesO pavilhão João Rocha foi hoje a casa de um grande jogo de andebol entre o Sporting CP e os principais candidatos à vitória no grupo D, o Montpellier HB. Os franceses são uma equipa com muita experiência internacional, contando com jogadores como Vicent Gerard, Michael Guigou, Valentin Porte, Nikola Portner, Diego Simonet e Ludovic Fabrègas.

Costuma-se dizer que não importa como começa, mas sim como se acaba, no entanto, o jogo de hoje foi a exceção à regra. O mau começo de jogo da equipa da casa foi decisivo, pois, aos cinco minutos de jogo, a equipa francesa já vencia por cinco golos (0-5). Nessa altura, Hugo Canela pediu paragem de jogo e exigiu à equipa mais tempo de ataque, melhor recuperação defensiva e uma maior exploração do jogo nas pontas. O primeiro golo do Sporting surgiu logo depois, sendo marcado pelo ponta esquerdo Ivan Nikcevic. Durante os dez minutos seguintes os “leões” melhoraram o seu jogo, mas não conseguiram recuperar a desvantagem, estando a perder 5-11 a meio da primeira parte. O jogo de hoje ficou também marcado pelo regresso de Matej Asanin à competição, sendo a sua estreia no novo pavilhão leonino. O guarda-redes croata acabou por sofrer oito golos e não fazer nenhuma defesa. Aliás, aos 19 minutos de jogo a eficácia dos visitantes era de… 100% não tendo nem Manuel Gaspar nem Matej Asanin defendido qualquer remate. No final do primeiro tempo o Montpellier esteve durante dois momentos em inferioridade numérica, não aproveitando os verdes e brancos para recuperar terreno. O resultado ao intervalo era 11-19.

O Professor Hugo Canela fez de tudo para que a equipa recuperasse da desvantagem Fonte: Sporting CP
O Professor Hugo Canela fez de tudo para que a equipa recuperasse da desvantagem
Fonte: Sporting CP

A história da segunda parte divide-se em dois momentos: Andes de Cudic e depois de Cudic. Embora o primeiro golo da segunda parte ter sido do Sporting, o Montpellier continuava a aproveitar o contra-ataque para ganhar vantagem. Aos 45 minutos o resultado era 20-27. Por volta desta altura o guarda-redes Aljosa Cudic começou a “entrar” no jogo e a fazer algumas defesas de qualidade.  Quando faltam dez minutos para o final da partida a equipa de Hugo Canela continuava com uma desvantagem de oito golos (21-29). Mas aos 53 minutos o Sporting CP já só perdia por quatro golos (25-29). O resultado final foi 29-33. Este resultado e a segunda parte deixam a sensação que se não fosse o mau inicio de jogo leonino o resultado e a história do jogo podia ter sido outra.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários