Cabeçalho modalidadesDepois de uma longa época que culminou na conquista do Campeonato Nacional e da EHF Challenge Cup, os “verdes e brancos” voltaram nos últimos dias ao trabalho, preparando os novos desafios que a nova época apresenta. Estes desafios passarão pela conquista de todos os troféus a nível nacional e a qualificação para a fase de grupos da EHF Champions League.

Apesar de durante o verão se ter especulado muito se Hugo Canela continuaria a ser o treinador principal da equipa (assumiu o cargo após a demissão de Zupo, mas nunca se pensou que ficasse como treinador principal) na semana passada o técnico e a sua equipa renovaram o contrato com o Sporting CP. O treinador assumiu que estava “muito feliz”, realçando que a próxima época irá necessariamente ser diferente da anterior, ainda que com as mesmas ambições.

“Quando pegámos na equipa, talvez as pessoas não estivessem à espera que nos fôssemos mantendo, ganhando, e agora já o esperam. O desafio agora é muito maior. Queremos fazer melhor aquilo que já fazíamos e às vezes não é preciso criar grandes fórmulas. Se fizermos as coisas simples, a qualidade dos jogadores vai assegurar os resultados”, afirmou, explicando também que as conquistas da temporada passada não se irão repetir sem trabalho.

A experiência de Tiago Rocha será certamente o fator preponderante para a época do Sporting CP Fonte: SCP Andebol
A experiência de Tiago Rocha será certamente o fator preponderante para a época do Sporting CP
Fonte: SCP Andebol

Em relação à época anterior, o plantel sofreu algumas mudanças, mas as entradas têm tido mais impacto que as saídas. O núcleo duro da equipa manteve-se e apenas saíram jogadores que não tiveram muitas oportunidades como Marco Oneto, João Paulo Pinto e Igor Zabic. Por outro lado, têm sido acrescentados ao plantel jogadores de grande qualidade que vão fazer a diferença na próxima época. A contratação mais sonante, até agora, foi a do capitão da Seleção Nacional e ex-Wisla Plock, Tiago Rocha. “Estou muito contente por ter a oportunidade de jogar num grande Clube. Quero agradecer ao Sporting CP por me ter dado este voto de confiança e espero conseguir ajudar a equipa ao fazer muitos golos e, claro, conquistando troféus, que é o principal objectivo da temporada”, assinalou o internacional português, tendo depois destacado o facto de poder participar na maior competição internacional a nível de clubes. O internacional brasileiro, Filipe Borges, um jogador experiente com mais de 100 internacionalizações, assinou vindo do Montpellier. Por fim, naquela que é considerada a maior transferência nacional Pedro Valdés assinou proveniente do Águas Santas. O internacional Cubano afirmou: “Sinto-me muito emocionado por chegar a este Clube e a este projecto. Primeiro, pensei: Sporting CP? Eu? Claro que aceito! Nunca pensei chegar aqui. Pensei sempre passo a passo e, como dizemos em Cuba, o que tiver de chegar, chegará. Estou muito contente por poder lutar por títulos”.

Os leões apresentam um plantel com ainda mais qualidade do que o da época transata e partem como favoritos para a conquista das competições nacionais e com condições para fazerem uma boa campanha europeia. Muito provavelmente será uma época de conquistas e de celebração para os adeptos leoninos, mas os adversários também andam a trabalhar para destronar os leões.

Foto de Capa: SCP Andebol

Artigo revisto por: Francisca Carvalho

Comentários