Terminou a primeira fase do campeonato de andebol e já se prevê uma fase final cheia de emoção e incerteza. Sporting CP e FC Porto estão no topo da tabela em igualdade pontual (37) e SL Benfica a um ponto, no terceiro lugar. Destaque ainda para o CF Os Belenenses, que voltou ao grupo de elite passados dez anos.

A primeira fase do campeonato nacional foi uma pequena amostra da luta que vai decorrer até ao final da época. Enorme equilíbrio dos três principais candidatos ao título, com o Sporting a mostrar-se ligeiramente superior. No confronto direto, apenas perdeu com o Benfica no pavilhão da Luz, e apenas por um golo. Já o Porto venceu todos os jogos frente aos encarnados. As equipas chegam a esta fase com tudo em aberto. 

A fase final inicia-se logo com um Sporting-Benfica, num jogo que pode ser decisivo para as contas do título. Nos outros jogos, o Águas Santas joga com o Madeira SAD e o Porto recebe a grande surpresa deste campeonato, o Belenenses, que deixou para trás o ABC de Braga na fase regular.

Os azuis do Restelo não faziam parte do grupo de elite do andebol nacional há dez anos e asseguraram um lugar cativo na última jornada da fase regular ao empatar com o Benfica, destruindo as aspirações do ABC. 

As duas derrotas do Porto no campeonato são frente ao Sporting
Fonte: FC Porto

O grupo A é então constituído por Sporting, Porto, Benfica, Madeira SAD, Águas Santas e Belenenses. O grupo B é composto por ABC de Braga, Maia / Ismai, Avanca, Boa Hora, Sporting da Horta, Fermentões, Fafe e Arsenal.

O campeonato vai estar ao rubro até ao fim, com os três grandes em destaque nesta fase. Todos os encontros serão finais e os jogos europeus podem ter algum peso na prestação do Sporting e Porto. Os leões jogam contra o Veszprém e os dragões enfrentam o Cuenca, ambos no dia 24. Estes jogos exigem enorme preparação e podem limitar os planteis das duas equipas.

Contudo, se tivesse de apostar num campeão agora, a minha escolha seria o Sporting, de Hugo Canela. Tem o melhor plantel, uma equipa de estrelas para o campeonato português. Frankis Carol e Carlos Ruesga são dois dos melhores jogadores do campeonato e, quando estão na melhor forma, não deixam hipóteses à concorrência. A presença na Liga dos Campeões pode ser uma enorme limitação nas aspirações leoninas. De qualquer forma, não me surpreenderia se o campeão fosse o Porto ou o Benfica. Os dragões têm demonstrado uma eficácia tremenda, um andebol de qualidade, coeso e esclarecido. Magnus Andersson revolucionou a equipa portista, e já colhe os frutos.

O Benfica, com Carlos Resende, tem jogos em que demonstra uma qualidade acima da dos rivais, com um andebol agressivo, incisivo e muito forte defensivamente. O plantel tem muito talento, com Alexandre Cavalcanti, Belone Moreira e Pedro Seabra Marques, mas por vezes deixa a desejar.

Dos candidatos, o Benfica foi o que não ganhou um maior número de jogos (quatro até agora – um empate frente ao Belenenses e três derrotas, uma frente ao Sporting e duas frente ao Porto).

O Benfica venceu o Sporting em casa e impôs a primeira derrota do Sporting frente a um rival no campeonato
Fonte: SL Benfica

Faltam agora dez jogos até à decisão final e a expetativa é grande. Porto e Benfica vão fazer tudo para destronar o bicampeão nacional, Sporting, que tem demonstrado alguma hegemonia no andebol, com alguns registos históricos desde que Hugo Canela chegou à equipa verde e branca.

Texto revisto por: Mariana Coelho

Foto de Capa: CF “Os Belenenses”

Comentários