Anterior1 de 8Próximo

E estão aí! Realiza-se de quinta-feira a domingo a maior competição global de pista coberta e, mais uma vez, o Reino Unido tem a honra de receber um grande evento de atletismo, depois dos Mundiais ao livre de Londres em Agosto passado. 15 anos depois dos Mundiais de 2003 (que coroaram, entre outros, Justin Gatlin, Haile Gebreselassie, Maria Mutola ou Carolina Klüft), a competição está de volta a Birmingham.

O que poderemos esperar destes Mundiais de Pista Coberta, num ano em que não existem grandes eventos globais ao ar livre? Muita emoção, muitos nomes de peso e, certamente, algumas das habituais surpresas Indoor. Num ano que tem sido marcado por uma série de resultados excepcionais em Pista Coberta, especialmente na velocidade e em algumas disciplinas de saltos, existe no ar alguma expectativa em relação à queda de determinados recordes dos campeonatos e mesmo mundiais.

Anterior1 de 8Próximo

Comentários

Artigo anteriorPortimonense SC 1-5 FC Porto: Quem pára este Dragão?
Próximo artigoA comunicação na valorização da figura do treinador
O Pedro é um amante de desporto em geral, passando muito do seu tempo observando desportos tão variados, como futebol, ténis, basquetebol ou desportos de combate. É no entanto no Atletismo que tem a sua paixão maior, muito devido ao facto de ser um desporto bastante simples na aparência, mas bastante complexo na busca pela perfeição, sendo que um milésimo de segundo ou um centimetro faz toda a diferença no final. É administador da página Planeta do Atletismo, que tem como principal objectivo dar a conhecer mais do Atletismo Mundial a todos os seus fãs de língua portuguesa e, principalmente, cativar mais adeptos para a modalidade.                                                                                                                                                 O Pedro escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.