Cabeçalho modalidadesO dia terminou em glória para o Sporting Clube de Portugal com a vitória coletiva nos Europeus Seniores de Corta-Mato no Masculino e no Feminino, sendo o primeiro clube da história a alcançar os 4 grandes títulos europeus colectivos (de Corta-Mato e Pista). Mas há mais história para contar do evento que se realizou no nosso país, em Mira, e no qual o Bola na Rede marcou presença.

O evento começou pelas provas de juniores (ou sub-20), onde no feminino tínhamos o Sporting como representante nacional, alcançando uma honrosa 6ª posição a nível de clubes. O título esse foi para o Fenerbahçe da Turquia, apesar de que a vencedor individual foi a jovem de apenas 17 anos, Anna Mark Helwigh (atleta do dinamarquês Sparta AM). Numa chegada ao sprint, a jovem dinamarquesa levou a melhor sobre a turca Emine Akbingol por apenas 1 segundo! A melhor portuguesa na prova foi Beatriz Rodrigues no décimo posto, a 19 segundos da vencedora.

No masculino, a presença portuguesa era do SL Benfica que conquistou um importante segundo lugar do pódio a nível de equipas, sagrando-se vice-campeão europeu no corta-mato júnior, a apenas escassos 6 pontos dos espanhóis do Playas Castellon. A nível individual, os espanhóis ficaram mesmo com os dois primeiros lugares, com a vitória a sorrir a Aaron Las Heras, que completou o percurso de 6.26 km em 18 minutos e 40 segundos. O melhor português foi Vasco Vilaça, bem próximo do pódio, no 5º posto, a 12 segundos do vencedor e a apenas 5 do pódio individual.

Seguiriam-se os esperados campeonatos seniores. E aqui só deu Sporting! No feminino, a fortíssima equipa leonina – provavelmente a mais forte da história do clube – já fazia antever que poderiam vir coisas boas daqui e era uma das favoritas. Arrisco a dizer que a secção feminina do Atletismo do Sporting é neste momento aquela que melhores resultados e mais alegrias dá ao clube sediado em Lisboa. No entanto, tinha como grandes rivais as equipas turcas, espanholas e polacas. Jéssica Augusto teve um péssimo arranque da prova e caso isso não tivesse acontecido, arrisco dizer que até poderia ter sido a vencedora a nível individual. Ainda assim, recuperou de forma espectacular e acabou a apenas um segundo da vencedora do evento, a polaca Katarzyna Rutkowska. No top-10, o Sporting ainda teve Sara Moreira (5ª), Inês Monteiro – aos 37 anos de idade! – (7ª) e Sara Catarina Ribeiro (10º), pelo que venceu mesmo o Campeonato Europeu por Equipas, um facto inédito na história do clube e mais um titulo europeu a juntar ao vasto palmarés do clube português.

Para o fim, ficava o evento de seniores no masculino. Por aqui, o Sporting não era apontado como favorito, mas foi uma prestação coletiva fantástica (25 pontos), deixando para trás a equipa belga Olympic Essenbeek Halle no segundo lugar (40 pontos) e a espanhola do Atletismo Bikila no terceiro lugar (74 pontos). O vencedor a nível individual foi Davis Kiplangat (KEN) atleta do Sporting, contratado recentemente e que prepara também a sua presença nos Mundiais de Cross que terminou totalmente à vontade, na prova mais desequilibrado do dia a nível individual. O queniano terminou em 29:44, 18 segundos à frente do segundo classificado, Isaac Kimeli – atleta nascido no Quénia também. O melhor nacional foi Rui Pedro Silva (no 6º lugar), logo seguido por Rui Teixeira no sétimo posto.

Fonte: Rafael Ferreira/Bola na Rede
Fonte: Rafael Ferreira/Bola na Rede

Alguns Factos:

– O Sporting sagra-se a primeira equipa na história a conquistar os Campeonatos Europeus de Corta-Mato por Equipas no Masculino e no Feminino, assim como os Campeonatos Europeus de Pista por Equipas no Masculino e no Feminino;

– A equipa leonina nunca tinha vencido o troféu no sector feminino, pelo que é uma estreia absoluta.

– No masculino, o Sporting conta com um enorme palmarés, sendo este o 15º título. No entanto, os anos de ouro do Sporting são já distantes, sendo que não vencia o troféu há 24 anos, desde 1984.

– Nunca nenhum clube na história havia conquistado os títulos no feminino e no masculino em simultâneo na mesma edição. O primeiro a fazê-lo é o Sporting.

 Foto de Capa: Rafael Ferreira/Bola na Rede

Comentários