Cabeçalho modalidadesO dia terminou em glória para o Sporting Clube de Portugal com a vitória coletiva nos Europeus Seniores de Corta-Mato no Masculino e no Feminino, sendo o primeiro clube da história a alcançar os 4 grandes títulos europeus colectivos (de Corta-Mato e Pista). Mas há mais história para contar do evento que se realizou no nosso país, em Mira, e no qual o Bola na Rede marcou presença.

O evento começou pelas provas de juniores (ou sub-20), onde no feminino tínhamos o Sporting como representante nacional, alcançando uma honrosa 6ª posição a nível de clubes. O título esse foi para o Fenerbahçe da Turquia, apesar de que a vencedor individual foi a jovem de apenas 17 anos, Anna Mark Helwigh (atleta do dinamarquês Sparta AM). Numa chegada ao sprint, a jovem dinamarquesa levou a melhor sobre a turca Emine Akbingol por apenas 1 segundo! A melhor portuguesa na prova foi Beatriz Rodrigues no décimo posto, a 19 segundos da vencedora.

No masculino, a presença portuguesa era do SL Benfica que conquistou um importante segundo lugar do pódio a nível de equipas, sagrando-se vice-campeão europeu no corta-mato júnior, a apenas escassos 6 pontos dos espanhóis do Playas Castellon. A nível individual, os espanhóis ficaram mesmo com os dois primeiros lugares, com a vitória a sorrir a Aaron Las Heras, que completou o percurso de 6.26 km em 18 minutos e 40 segundos. O melhor português foi Vasco Vilaça, bem próximo do pódio, no 5º posto, a 12 segundos do vencedor e a apenas 5 do pódio individual.

Seguiriam-se os esperados campeonatos seniores. E aqui só deu Sporting! No feminino, a fortíssima equipa leonina – provavelmente a mais forte da história do clube – já fazia antever que poderiam vir coisas boas daqui e era uma das favoritas. Arrisco a dizer que a secção feminina do Atletismo do Sporting é neste momento aquela que melhores resultados e mais alegrias dá ao clube sediado em Lisboa. No entanto, tinha como grandes rivais as equipas turcas, espanholas e polacas. Jéssica Augusto teve um péssimo arranque da prova e caso isso não tivesse acontecido, arrisco dizer que até poderia ter sido a vencedora a nível individual. Ainda assim, recuperou de forma espectacular e acabou a apenas um segundo da vencedora do evento, a polaca Katarzyna Rutkowska. No top-10, o Sporting ainda teve Sara Moreira (5ª), Inês Monteiro – aos 37 anos de idade! – (7ª) e Sara Catarina Ribeiro (10º), pelo que venceu mesmo o Campeonato Europeu por Equipas, um facto inédito na história do clube e mais um titulo europeu a juntar ao vasto palmarés do clube português.

Para o fim, ficava o evento de seniores no masculino. Por aqui, o Sporting não era apontado como favorito, mas foi uma prestação coletiva fantástica (25 pontos), deixando para trás a equipa belga Olympic Essenbeek Halle no segundo lugar (40 pontos) e a espanhola do Atletismo Bikila no terceiro lugar (74 pontos). O vencedor a nível individual foi Davis Kiplangat (KEN) atleta do Sporting, contratado recentemente e que prepara também a sua presença nos Mundiais de Cross que terminou totalmente à vontade, na prova mais desequilibrado do dia a nível individual. O queniano terminou em 29:44, 18 segundos à frente do segundo classificado, Isaac Kimeli – atleta nascido no Quénia também. O melhor nacional foi Rui Pedro Silva (no 6º lugar), logo seguido por Rui Teixeira no sétimo posto.

Anúncio Publicitário
Fonte: Rafael Ferreira/Bola na Rede
Fonte: Rafael Ferreira/Bola na Rede

Alguns Factos:

– O Sporting sagra-se a primeira equipa na história a conquistar os Campeonatos Europeus de Corta-Mato por Equipas no Masculino e no Feminino, assim como os Campeonatos Europeus de Pista por Equipas no Masculino e no Feminino;

– A equipa leonina nunca tinha vencido o troféu no sector feminino, pelo que é uma estreia absoluta.

– No masculino, o Sporting conta com um enorme palmarés, sendo este o 15º título. No entanto, os anos de ouro do Sporting são já distantes, sendo que não vencia o troféu há 24 anos, desde 1984.

– Nunca nenhum clube na história havia conquistado os títulos no feminino e no masculino em simultâneo na mesma edição. O primeiro a fazê-lo é o Sporting.

 Foto de Capa: Rafael Ferreira/Bola na Rede

Artigo anteriorAcadémica OAF 0-1 CD Santa Clara: Açorianos renascem em jogo ‘chatinho’
Próximo artigoSporting CP 0–0 SC Braga: Empate justo entre as rainhas da Liga
O Pedro é um amante de desporto em geral, passando muito do seu tempo observando desportos tão variados, como futebol, ténis, basquetebol ou desportos de combate. É no entanto no Atletismo que tem a sua paixão maior, muito devido ao facto de ser um desporto bastante simples na aparência, mas bastante complexo na busca pela perfeição, sendo que um milésimo de segundo ou um centimetro faz toda a diferença no final. É administador da página Planeta do Atletismo, que tem como principal objectivo dar a conhecer mais do Atletismo Mundial a todos os seus fãs de língua portuguesa e, principalmente, cativar mais adeptos para a modalidade.                                                                                                                                                 O Pedro escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.