A Magia volta a Madrid | O regresso de Luka Magic

    modalidades cabeçalho

    O Real Madrid recebeu os Dallas Mavericks para um jogo de pré-epoca da equipa americana. Este encontro marcou o regresso de Luka Doncic à casa onde foi formado. Como adepto de NBA, não hesitei em ir dar um saltinho à capital dos nossos vizinhos para acompanhar esta partida. Sendo que foi a primeira vez que assisti ao vivo um encontro desta magnitude.

    O jogo estava marcado para terça-feira, dia 10, às 20h45 (hora espanhola). Parti em viagem, de autocarro, dia 9 à noite. Cheguei em Madrid por volta das seis da manhã do dia 10, ainda com a cidade “às escuras”. Cheguei ao hotel e fiz algum tempo para poder, então, ir deambular pelas ruas da capital espanhola. Estive cerca de quatro horas a andar por Madrid. Sem rumo certo. Na realidade fui apenas para assistir ao jogo, mas foi um extra ter tempo para conhecer um pouco da cidade. Tive ainda a oportunidade de passar pelo hotel onde a equipa dos Dallas estava hospedada. Por sorte, ficava a pouco mais de dez minutos a pé do meu hotel. Fui com a utopia de poder cruzar-me com alguns deles, o que não aconteceu. Soube mais tarde que a equipa estava no pavilhão a treinar na hora que por lá passei.

    Four Seasons Hotel Madrid: Hotel onde ficou hospedada a equipa de Dallas

    Depois de andar muito chegou a hora de almoçar e ir para o hotel descansar. Tentei dormir um pouco, mas o medo de perder o jogo era tanto que acordava de cinco em cinco minutos. Até que chegou a hora de ir para a partida. Apanhei um táxi para me deslocar ao pavilhão, que ficava a cerca de dez minutos de carro do meu hotel.

    Perto do pavilhão é que tive a noção do impacto que um jogador como Luka Doncic tem. No meu passeio matinal apenas tinha visto duas pessoas com camisolas do esloveno. Mas naquele momento, ao chegar perto da Wizink Center, não se via outra coisa que não camisolas de Luka. De todos os tipos, cores, edições e designs. Podia variar, mas uma coisa é certa: todas tinham o número 77 nas costas. Eu próprio também sou suspeito para falar, tinha igualmente vestida uma camisola da estrela dos Mavs.

    Pavilhão do Real Madrid: Wizink Center

    Fonte: Tiago Rosário / Bola na Rede

    Fiz questão de chegar com tempo de antecedência ao pavilhão. Tanto para evitar possíveis atrasos, como também para ter tempo de conhecer um pouco a parte exterior. A foto que vemos é a porta para a zona Filipe II, que fica nas laterais. Eu fiquei na porta Jorge Juan, exatamente atrás do cesto. Como cheguei com antecedência, fui dos primeiros a entrar no recinto. Ao longo do piso zero todas as cadeiras tinham uma espécie de cartaz, que posteriormente serviria para se bater palmas. Esse cartaz tinha a imagem principal do jogo, e, na parte de trás, uma mensagem direcionada ao astro esloveno: “Luka, el Real Madrid Siempre será tu casa”.

    Chegada ao interior do Wizink Center

    Ao chegar estavam apenas três jogadores dos Dallas Mavericks a fazer um “pré” aquecimento: Luka Doncic, Markieff Morris e Maxi Kleber. Luka foi o primeiro dos três a abandonar a quadra, mas ficou ainda alguns minutos a dar autógrafos aos fãs. A equipa do Real Madrid foi a primeira a ir efetivamente aquecer. Os Mavericks vieram apenas minutos depois. A excitação era palpável. Os adeptos merengues queriam voltar a ver o “seu menino” a brilhar ao vivo. Antes do início da partida deu-se a habitual apresentação dos jogadores, deixando Luka para último. Na vez do esloveno, as luzes do pavilhão apagaram-se e foi apresentado, no ecrã, uma homenagem a Doncic: um vídeo de mais de dois minutos com alguns dos melhores momentos dele tanto no Real Madrid como nos Dallas Mavericks. No final do vídeo, Luka Doncic agradeceu a todos, confessando que era um dia muito especial para ele.

    Homenagem a Luka Doncic

    Its game time! Finalmente chega a hora de lançar a bola ao ar. Como todos esperavam, Doncic começou de início. Aquilo que ninguém esperava, era que Luka jogasse apenas quatro minutos. Percebo que seja um jogo de pré-época. Mas entre 17 atletas que jogaram, Luka está entre os três menos utilizados na partida. No seu regresso ao Real Madrid. Não recebi informação de alguma lesão. Por isso, não consigo compreender esta decisão. Os adeptos merengues bem que chamaram pelo nome do esloveno durante o resto do jogo. A vontade de o ver na quadra era muita. Mas de nada valeu. Doncic começou de início, jogou quatro minutos e sentou-se no banco até à buzina final.

    No entanto, o pouco tempo em campo não o impediu de mostrar a sua magia habitual. Foram nove pontos e uma assistência em apenas quatro minutos. Três triplos feitos, com uma percentagem de 60% de FG. Para além disto, juntou uma bela assistência para um afundanço de Dereck Lively ll.

    Luka Doncic à conversa com Rudy Fernández

    Fonte: Tiago Rosário / Bola na Rede

    Sobre o jogo jogado viu-se claramente que uma das equipas já está mais ambientada do que a outra. Os Mavericks com a sua equipa ainda pouco trabalhada e o Real com as suas bases bem cimentadas. Um encontro que assumiu a faceta de amigável até ao final, altura em que a equipa da casa conseguiu dar a volta ao marcador, terminado o jogo com uma vitória de 127-123.

    No lado dos Dallas destaco as exibições de Dante Exum e Tim Hardaway. Exum por ser um jogador que ainda se está a ambientar à equipa, mas que tem assumindo um papel de líder ofensivo na ausência de Doncic. Terminou o jogo perto de um duplo-duplo, com 13 pontos e nove assistências. Tim Hardaway, por sua vez, terminou o jogo com 21 pontos, sendo o maior pontuador da partida.           

    Na equipa da casa destaco as prestações de Facundo Campazzo e Vicent Poirier. Campazzo representou os Dallas na época passada, e fez questão de mostrar serviço. Foram 20 pontos e oito assistências. Foi arte aquilo que este pequeno base fez com a bola nas mãos. Poirier, o poste que veio do banco, anotou 19 pontos, dez ressaltos e seis desarmes de lançamento. Foi uma autêntica força nos dois lados do campo. Na buzina final o ambiente foi de festa. Os adeptos merengues tiveram a oportunidade de voltar a ver Doncic ao vivo. Para além disso, viram o seu Real Madrid a vencer, novamente, uma equipa da NBA.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Cristiano Ronaldo multado em 2500 euros devido a gesto obsceno

    Cristiano Ronaldo foi multado depois de ter feito um...

    Expo Padel World chega a Portugal

    Chega a territórios nacionais aquela que é uma das...

    À atenção do Sporting! Atalanta goleada pelo Inter

    A Atalanta perdeu com o Inter Milão por quatro...
    Tiago Figueiredo Rosário
    Tiago Figueiredo Rosário
    Tiago Rosário é licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Atualmente é, ainda, aluno na Pós-graduação em Jornalismo Desportivo, também na ESCS. Foi no Jornalismo que encontrou o espaço para se manter ligado a algo que o apaixona tanto: o desporto. No Bola na Rede, Tiago tem a liberdade e o à vontade para escrever/falar sobre qualquer tema de qualquer desporto.