Benfica meteu o “Cat” no saco e o triunfo no bolso | FC Porto x Benfica

    modalidades cabeçalho

    O Benfica de Norberto Alves fez bandeira da expressão “a defesa é o melhor ataque” e foi ao Dragão Arena fazer 89 pontos e vencer por 23 de diferença à custa da capacidade defensiva. É claro que o ataque também funcionou com muita eficácia, o que justifica a pontuação elevada, mas, acima de tudo, foi a defesa das águias que valeu o triunfo.

    Sobretudo na segunda parte. A defesa do pintado foi excecional – nove ressaltos defensivos mais do que os obtidos pelo FC Porto – e os dois para um sobre Anthony “Cat” Barber foi fundamental para travar os dragões. O base americano e principal motor do jogo portista pontuou com algum à-vontade nos dois primeiros quartos, mas quando a defesa apertou deixou de existir no jogo.

    A turma de Fernando Sá, naturalmente, ressentiu-se do apagão do seu principal dínamo, foi cedendo no marcador e o rolo compressor encarnado – com os seus homens altos em destaque, aproveitando as vantagens que têm sobre os defensores azuis-e-brancos – foi imparável até final. Aliás, até um pouco antes do final, dado que a certa altura, no último período, ambos os treinadores reforçaram a rotação para descansar atletas para o jogo seguinte.

    Esperava-se mais equilíbrio, mas, de facto, nota-se maior profundidade no plantel do Benfica. E quando a qualidade coletiva, em particular na defesa, se impõe como neste jogo, a qualidade individual que a águias têm de sobra faz a diferença ao ponto de massacrar o FC Porto, líder da fase regular, no seu próprio reduto. Venha o jogo dois!

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Itália vence Albânia com direito a reviravolta

    A Itália venceu a Albânia por duas bolas a...

    Sporting derrota Braga e sagra-se tetracampeão nacional de futsal

    O Sporting sagrou-se vencedor do Campeonato Nacional de Futsal...

    Orçamento do Benfica aprovado em votação muito equilibrada

    O orçamento do Benfica para a temporada 2024/25 foi...

    Raphinha revela que esteve perto de abandonar o futebol

    Raphinha assumiu que esteve muito perto de abandonar o...
    Márcio Francisco Paiva
    Márcio Francisco Paivahttp://www.bolanarede.pt
    O desporto bem praticado fascina-o, o jornalismo bem feito extasia-o. É apaixonado (ou doente, se quiserem, é quase igual – um apaixonado apenas comete mais loucuras) pelo SL Benfica e por tudo o que envolve o clube: modalidades, futebol de formação, futebol sénior. Por ser fascinado por desporto bem praticado, segue com especial atenção a NBA, a Premier League, os majors de Snooker, os Grand Slams de ténis, o campeonato espanhol de futsal e diversas competições europeias e mundiais de futebol e futsal. Quando está aborrecido, vê qualquer desporto. Quando está mesmo, mesmo aborrecido, pratica desporto. Sozinho. E perde.