logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

As 3 trocas que criariam uma «superteam» em Brooklyn

Os Brooklyn Nets sabiam no verão que a temporada de 2019/2020 não era para competir por um título, mas sim para colocar toda a organização na mesma página para que pudessem avançar para a época de 2020/2021 saudáveis e prontos a competir pelo título de campeão da NBA.

Com Kevin Durant e Kyrie Irving saudáveis, os Nets vão ser capazes de fazer algo especial. Com KD, os Nets têm o jogador mais ofensivamente talentoso que a NBA já viu desde Michael Jordan. No caso de Irving, os Nets têm o melhor ball handler de sempre, um jogador que causa pesadelos à defesa adversária.

A suportar este duo fantástico, temos um conjunto de técnicos que foram contratados recentemente. Steve Nash vai ser o treinador desta equipa e, apesar de ser a primeira vez que está a treinar uma equipa, Nash foi um dos melhores bases de sempre graças ao seu QI de basquete espetacular. A suportar Nash temos Mike D’Antoni, o ex-técnico de Houston e o antigo treinador de Nash quando ele jogava nos Suns; o seu antigo colega de equipa Amar´e Stoudemire e Ime Udoka, o ex treinador assistente dos 76ers e uma das melhores mentes defensivas atualmente.

Com esta equipa fantástica, os Nets podem tentar trocar por uma terceira estrela para juntar a Irving e Durant e formar o próximo Big Three de forma a dominar a conferência Este. Desta forma, aqui estão três possíveis trocas que trariam uma terceira estrela para os Nets.

Foto de Capa: Philadelphia 76ers

Desde os 11 anos apaixonado pela NBA e pelo basquete, o Martim encontrou formas de expressar esta paixão ao praticar basquete na sua equipa local e ao criar um canal no youtube para vocalizar esta paixão. Mais tarde encontrou a WWE e a NFL para complementar o seu interesse principal. Atualmente, está a tirar uma licenciatura em Relações Públicas e Comunicação Empresarial e nunca falha ao acompanhar os seus três desportos de coração.                                                                                                                                                 O Martim escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Desde os 11 anos apaixonado pela NBA e pelo basquete, o Martim encontrou formas de expressar esta paixão ao praticar basquete na sua equipa local e ao criar um canal no youtube para vocalizar esta paixão. Mais tarde encontrou a WWE e a NFL para complementar o seu interesse principal. Atualmente, está a tirar uma licenciatura em Relações Públicas e Comunicação Empresarial e nunca falha ao acompanhar os seus três desportos de coração.                                                                                                                                                 O Martim escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA