Ja Morant, porque não podia existir outro Rookie do Ano

    - Advertisement -

    Foi praticamente consensual. Em 100 votos possíveis para a nomeação de Rookie do Ano, Ja Morant conseguiu 99 deles. Zion Williamson, rookie dos New Orleans Pelicans, arrecadou o voto que faltava para o pleno de Morant.

    Morant venceu o prémio de Rookie do Ano e sucedeu a Luka Doncic, base dos Dallas Mavericks.

    Temetrius Jamel Morant foi escolhido pelos Memphis Grizzlies, no segundo lugar do Draft, e é totalmente inesquecível o que aconteceu logo depois disso. Na fase das entrevistas após reveladas as escolhas, Morant falou ao lado do seu pai, Tee Morant, e tudo se tornou emocional quando o jovem jogador enalteceu o seu pai, que sacrificou a própria carreira profissional para criar o filho e o ver crescer.

    O jovem de 21 anos assumiu-se rapidamente como uma das figuras principais da equipa de Memphis, ao terminar a temporada com uma média de 17.8 pontos, 3.9 ressaltos e 7.3 assistências por jogo.

    Nos 67 jogos em que Ja Morant participou, pode dizer-se que muito dificilmente se encontra um jogo em que o jovem norte-americano não tenha brilhado, mas aqui ficam alguns dos melhores jogos e momentos do já proclamado Rookie do Ano.

    Foto de capa: NBA

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Andreia Araújo
    Andreia Araújohttp://www.bolanarede.pt
    A Andreia é licenciada Ciências da Comunicação, no ramo de Jornalismo. Depois de ter praticado basquetebol durante anos, encontrou no desporto e no jornalismo as suas maiores paixões. Um dos maiores desejos é ser uma das vozes das mulheres no mundo do desporto e ambição para isso mesmo não lhe falta.
    Bola na Rede