Anúncio Publicitário

Cabeçalho modalidadesPaul Pierce, que já havia anunciado que se retiraria no final da temporada, viu a sua carreira acabar com a eliminação dos LA Clippers frente aos Utah Jazz. Depois de sete jogos, a equipa de Utah levou a melhor sobre a de Los Angeles e seguiu em frente nos playoffs.

Pierce, conhecido como The Truth, foi a décima escolha no draft de 1998 e jogou, durante 15 anos, com a camisola dos Boston Celtics, clube que o teve, e tem, como ídolo. Aliás, o clube já avançou com a possibilidade de retirar a camisola número 34 em homenagem ao jogador. A dedicação e amor à equipa de Boston acabaram por ser “recompensados” somente em 2008.

Paul Pierce, Kevin Garnett, Ray Allen, Kendrick Perkins e Rajon Rondo fizeram dos Celtics a melhor equipa da época de então, tendo vencido os Lakers na final por 4-2. O camisola 34, para além do anel de campeão, foi considerado o MVP das finais.

Anúncio Publicitário

Em 2013, saiu da equipa que o acolheu durante quase toda a sua carreira, e, nos últimos quatro anos, passou pelos Brooklyn Nets, Washington Wizards e, por fim, Los Angeles Clippers.

É inegável a qualidade do, agora, ex-jogador. Após 19 anos, termina a carreira, aos 39, como 15.º melhor marcador da história, com uma média de 19.7 pontos, 5.6 ressaltos e 3.5 assistências por jogo. O ala contou ainda com dez participações no All Star Game.

 

Foto de capa: NBA

Artigo revisto por: Francisca Carvalho

 

Anúncio Publicitário