cab basquetebol nacional

Quando era novo, o dia 5 de outubro era o dia das mais variadas Supertaças nas várias modalidades, mas desde que tiraram este feriado a Supertaça mudou para o fim de semana anterior, e hoje foi o dia das provas referentes ao basquetebol.

Benfica e União Sportiva, os campeões masculinos e femininos, respetivamente, venceram o Barcelos e o CAB Madeira e conquistaram assim o troféu, que para ambos os clubes já é o segundo da temporada.

Comecemos pelo Benfica. Os encarnados foram uns vencedores justos e esperados do jogo de hoje, frente a um Basquete de Barcelos que nunca pôs em causa a vitória das águias. O primeiro quarto do jogo mostrou logo ao que vínhamos, ao ficar 30-7, e terminou com um 79-42 no marcador. O jogo permitiu a Carlos Lisboa rodar toda a equipa e não abusar de alguns dos seus melhores jogadores, sendo que o jogador que esteve mais tempo em campo foi Carlos Andrade, com 28 minutos.

Os jogos até agora feitos pelo Benfica mostram que é mais uma vez o grande candidato ao título nacional e arrisco-me a dizer que este ano vai ser dada uma certa prioridade à Europa e continuar, assim, a evolução da equipa no panorama das competições europeias.

As açorianas venceram os três últimos troféus em disputa Foto: Facebook União Sportiva
As açorianas venceram os três últimos troféus em disputa
Foto: Facebook União Sportiva

Nos femininos, o jogo era uma pequena incógnita, visto o CAB Madeira ainda não ter jogado este ano. Por ser disputado na Madeira e pelo facto de as madeirenses terem sido a grande equipa da temporada passada, esperava-se um jogo muito mais equilibrado do que o masculino.

Apesar disso, a equipa açoriana esteve sempre à frente do marcador, ganhando ao intervalo por 41-28 e com o resultado final de 76-57. Foi um jogo bem conseguido por parte dos CUS, que mereceram por inteiro a vitória. Ashley Bruner, que trocou este verão as madeirenses pelas açorianas, foi a melhor jogadora em campo.

Com os jogos já disputados pelas equipas femininas fica a ideia de que as principais candidatas são novamente o União Sportiva, o CAB e o Quinta dos Lombos, sendo que nesta altura as açorianas talvez sejam a maior candidata ao título, mas não se pode já dizer com tanta certeza que uma equipa vai ser campeã como se pode dizer para o campeonato masculino.

Foto de capa: Facebook da FPB

Comentários