No passado dia 29 de abril, as competições nacionais de basquetebol, hóquei em patins, andebol e voleibol foram canceladas pelas respectivas federações, resultado da pandemia de covid-19, num comunicado conjunto. No comunicado, foi declarado que não haveriam campeões ou descidas nos campeonatos destas quatro modalidades de pavilhão, apesar de, no parâmetro do basquetebol se ter consumado a subida do Imortal (tinha esse direito desportivo) e a descida do Terceira Basket (despromovido matematicamente).

Esta temporada (2019/2020) da LPB, contava com 14 equipas dado ao surgimento do Sporting e iria contar com quatro descidas de divisão. Resultado do cancelamento da época desportiva, em 2020/2021 irá manter-se as mesmas 14 equipas, com a exceção da “troca” efetuada entre Imortal e Terceira Basket.

Apesar do desfecho amargo, nos seis meses de competição, contamos com muita competitividade, grande incerteza nos desfechos das partidas e muita luta entre todas as equipas da liga. Para além disso, vários jogadores jovens portugueses notabilizaram-se e deixaram bastante esperança para quem auspicia o futuro da modalidade em Portugal.

Infelizmente nada aconteceu como esperado devido ao covid-19, porém, aproveitamos esta altura de conclusão da temporada, para refletir de como foi a liga nesta temporada atípica.

Anúncio Publicitário

Foto de Capa: SL Benfica