Cabeçalho modalidadesA União Sportiva começou a época como acabou, a ganhar. As açorianas venceram a sua segunda Supertaça em outras tantas presenças.

As açorianas tiveram sempre na frente num jogo muito equilibrado, em que chegamos aos últimos 10 minutos com seis pontos de diferença, os mesmos com que já tínhamos chegado ao intervalo. O Sportiva só fugiu no marcador já nos últimos quatro minutos de jogo quando os Olivais estavam a apenas quatro pontos.

Aí a mais valia das bicampeãs nacionais veio ao de cima e mostraram nos momentos decisivos porque são uma das mais fortes candidatas ao campeonato, isto apesar de ser uma equipa com muitas mudanças, depois da grande maioria da equipa vencedora ter ido para equipas mais fortes um pouco por toda a Europa.

Mariana Silva foi a MVP da Supertaça Fonte: FPB
Mariana Silva foi a MVP da Supertaça
Fonte: FPB

Os Olivais aproveitaram também isto para conseguir equilibrar o jogo, aproveitando ser uma equipa que já joga à mais tempo junta. Mostrando que podem ser uma equipa a causar muitas dificuldades às duas maiores candidatas ao título, União Sportiva e CAB Madeira, mas com outras equipas a reforçarem-se bem.

O resultado final de 69-56 dá o vencedor certo, mas não mostra o equilíbrio que existiu em campo, mas a eficácia nos momentos decisivos foi determinante. Destaques para Mariana Silva e Michelle Brandão pelos Olivais e de Sara Djassi, Jasmine Crew e Inês Faustino pelo União Sportiva

Foto de capa: FPB

Comentários