Cabeçalho modalidadesMas que grande jogo de basquetebol! Duelos acessos, picardias constantes, discussões, muita luta, e dois ataques quase imparáveis. O jogo quatro das finais da NBA teve de tudo, mas acima de tudo teve o renascer dos Cleveland Cavaliers.

Nos dois primeiros jogos ficou evidente que para Lebron e companhia terem hipótese de disputar as finais com estes Warriors era preciso abrandar o jogo, forçar ataques posicionais lentos e evitar ao máximo os letais contra-ataques adversários. Foi isso que fizeram no jogo três. E, apesar de terem disputado o jogo até ao fim, o que não acontecera nas primeiras duas partidas, perderam mais uma vez.

Kyrie e James lideraram a equipa, combinando 71 pontos  Fonte: WKYC.COM
Kyrie e James lideraram a equipa, combinando 71 pontos
Fonte: WKYC.COM

No jogo quatro a receita foi outra, combateram fogo com fogo, e ao contrário do muito se previa, ganharam. Ataque lento, defesa apertada, jogo físico é um caminho lógico para tentar bater estes super GSW. Mas não resultou. Marcar 137 pontos e lançar 53% de 3 pontos resultou. Um primeiro período frenético, onde apesar da notória baixa de rendimento da defesa de Steven Kerr, não se pode deixar de valorizar os impressionantes 49 pontos dos Cavs.