cab nba

Foi noticiado recentemente que Derrick Rose ficaria lesionado durante o resto da época, acontecimento que retirou o foco de um caso muito mais sério na NBA. O péssimo rendimento das duas equipas do estado de Nova Iorque, Brooklyn Nets e New York Knicks, está a causar um grande espanto na liga.

O incrível investimento feito pela equipa de Jay-Z durante o Verão está a surpreender de uma forma muito negativa, estando muito aquém das expectativas. Os Nets fizeram diversas trocas de perfil elevado ao trazerem os veteranos Paul Pierce e Kevin Garnett. Verdade seja dita, estes atletas não têm trazido nada de novo ao plantel. Paul Pierce não se tem sentido em casa como acontecia em Boston e Garnett não está com a presença extremamente intensa e intimidadora a que nos habituou. Incrivelmente, Pierce e Garnett marcam em conjunto uma média de 18 pontos por jogo, número que por si só é ridículo, uma vez que falamos de duas estrelas que marcam o desporto. Com o aparecimento de novos jogadores importantes e com o afastamento de atletas com menos qualidade, teoricamente, a qualidade dos Nets devia ser muito superior à apresentada, que tem sido, sem a mínima dúvida, desastrosa. Apesar de contar com um cinco inicial repleto de jogadores que podem ser considerados All-Stars, a equipa envergonha a cidade. Continuarei a falar deste desastre.

A segunda equipa, que tem provado ser uma tremenda desilusão esta época, é aquela que joga regularmente numa das arenas mais míticas da Grande Maçã. Situada dentro de Manhattan, Madison Square Garden já presenciou centenas de concertos, é a residência de Billy Joel e serve semanalmente de casa para duas equipas: os New York Rangers, equipa da NHL, e os New York Knicks. Os últimos têm sido um assunto de destaque devido à fraca qualidade de jogo demonstrada aos fãs.

Duas equipas que foram aos playoffs, fazendo parte das quatro melhores de uma conferência, estão actualmente no ponto oposto. Aliás, encontram-se numa situação muito mais delicada, pois estão classificadas entre as cinco piores equipas da liga de acordo com o seu historial de vitórias e derrotas.

Anúncio Publicitário

A equipa de Brooklyn investiu bastante esta época, trazendo diversos jogadores e até mudando de treinador, acção que também está a ser um autêntico fiasco. É incrível como um ex-jogador com uma carreira que fala por si, está a manchar todos os seus feitos enquanto atleta, fazendo escolhas horríveis e treinando uma equipa que mais parece um conjunto de crianças a aprender a jogar basquetebol. Esta instituição e a própria carreira de Jason Kidd carecem de um estilo de jogo muito mais bonito, e neste preciso momento, muito mais eficaz. Em vinte jogos, a equipa de Brooklyn ainda só conseguiu celebrar a vitória por seis vezes. No entanto, uma das acções que mais furor causou na liga pertence a Kidd – o treinador dos Nets fez uma magia autêntica ao conseguir fazer parar o tempo. Passo a explicar o que aconteceu. Kidd entornou um copo de água “acidentalmente”, o que levou a um desconto forçado pelos árbitros para poderem secar o chão. Enquanto isso acontecia, a equipa técnica explicava o que os jogadores deviam fazer. O grande problema disto tudo, para além de uma multa de cinquenta mil dólares, é que os Nets não ganharam o jogo, para variar…

Ambos os jogadores têm estado muito aquém das expectativas. http://nextimpulsesports.com
Ambos os jogadores têm estado muito aquém das expectativas.
Fonte: nextimpulsesports.com

Por parte dos Knicks, não se percebe a ausência de resultados positivos. Apresentou apenas duas adições de peso, Andrea Bargnani, que na época passada teve boas exibições, e o mediático Metta World Peace, anteriormente conhecido por Ron Artest. As peças basilares da equipa continuam. Carmelo Anthony, Tyson Chandler, Raymond Felton, J. R. Smith fazem parte do plantel e apenas um está lesionado. Amar’e Stoudemire está a tentar voltar à forma que apaixonou os fãs nos seus tempos de glória, nos Phoenix Suns, e, mesmo assim, com estes jogadores disponíveis, são inexplicáveis os péssimos resultados de ambas as equipas. Há muita especulação à volta desta catástrofe. Pode ser causada por um confronto enorme de egos no balneário e pela incapacidade de os gerir por parte do treinador. Existe um enorme receio por parte dos fãs e da equipa. Receio da decisão de Carmelo Anthony, que acaba o contrato este ano, e de uma possível ida para os Lakers no final do Verão que se avizinha. Se juntarmos esses factores aos temperamentos de Metta World Peace e de J. R. Smith, dois jogadores muito inconstantes, poderemos ter explicações para as performances tão más.

É indubitável que a liga carece de uns Knicks e uns Nets que metam medo a qualquer um. Nova Iorque sente falta de equipas e de um ambiente fervoroso, além de qualidade de basquetebol soberbo. Infelizmente para a cidade e para os fãs, não se tem visto nada disso.

Comentários