Anterior1 de 3Próximo

Derrick Rose nasceu a 4 de outubro de 1988 na precária região de Englewood em Chicago. O base de 30 anos assinou, este verão, um contrato a dois anos por 15 milhões de dolares com os Detroit Pistons, levando assim uma carreira que se possa descrever como invulgar e admirável ao mesmo tempo.

Posto as coisas deste prisma, é necessário fazer uma retrospetiva aquilo que tem sido a passagem de Derrick Rose pela NBA. Tudo começa em 2008, quando um jovem de 19 anos liderou a sua equipa Universitária, os Memphis Tigers, à melhor prestação alguma vez conseguida, carimbando a ida aquele que é o torneio amador mais importante do basquetebol, a NCAA.

Neste torneio, Rose havia de se destacar como um líder isolado dos Tigers e já nele se notavam características eximias e um nível de jogo equivalente à NBA. A sua explosividade e atleticismo faziam dele a melhor promessa do draft desse ano. No entanto, chegando à final do torneio, estes haveriam de ficar em 2 lugar, após um jogo intenso que inclusive teve direito a prolongamento.

Para Derrick Rose este era, no entanto, o primeiro de grandes palcos que viria a pisar. Foi escolhido em primeiro lugar no draft de 2008 pela equipa da sua cidade Natal os Chicago Bulls, onde viria a causar um grande empacto logo na sua primeira época profissional! Com médias de 16.8 pontos e 6.3 assistências por jogo numa eficácia de 47.5% de campo. Este foi uma peça fundamental na jornada da equipa até aos play-off.

Nos play-off, Rose brilhou logo no primeiro momento onde no jogo 1 contra os campeões da época anterior, Boston Celtics, marcou 36 pontos e anotou ainda 11 assistências. Apesar da eliminação na primeira ronda, a história do base começava a ganhar corpo, numa época que terminava com este a ganhar o rookie do ano (melhor jogador de 1 ano).

Seguiu-se a época de 2009/10, em que Rose conseguiu alcançar a honra de jogar o seu primeiro All-Star game, desta vez liderando os Bulls com medias de 20.8 pontos por jogo e 6.0 assistências. Mais uma vez, o palco dos play-off foi alcançado, apesar da saída na primeira ronda, Rose destacava-se na serie contra o Cleveland Cavaliers de Lebron James com 26.8 pontos por jogo e 7.0 assistências. Rose estaria assim a tornar-se no jogador que a cidade de Chicago tanto ansiava.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários