Anterior1 de 2Próximo

Sem surpresas, Zion Williamson foi a primeira escolha do Draft para os New Orleans Pelicans e Ja Morant seguiu de seguida para os Grizzlies. RJ Barrett foi a terceira escolha, com os Knicks a fugirem à sua tendência de inventar onde não há por onde o fazer. Apesar de exercícios de última hora com Garland e Coby White, a equipa de New York foi com o expectável e fica com um excelente jogador para o futuro e que poderá mesmo neste draft ser o que mais fácil e rapidamente renderá na NBA.

Daí para a frente, num draft que não era considerado dos melhores dos últimos anos, houve muitas trocas e algumas surpresas. O principal negócio da noite foi entre os Hawks e os Pelicans e pode-se dizer que saíram os dois a ganhar. A equipa de Atlanta subiu no quadro para ir buscar DeAndre Hunter, enquanto os de New Orleans adicionaram mais números em volta de Zion.

Os Suns e os Timberwolves também trocaram nos lugares cimeiros, com os de Phoenix a fazer uma das surpresas da noite, já que, depois de descerem de sextos para 11.º, selecionaram Cam Johnson, que muitos poucos colocariam numa posição tão alta do draft.

Ainda mais para baixo ficaram Sekou Bomboya, o primeiro dos ‘Internacionais’, que foi selecionado já fora da lotaria e Nassir Little, que acabou em Portland a 25 e nem os Trailblazers acreditavam que ele lhes chegasse.

Quem caiu, caiu e continuou a cair foi Bol Bol. O talento está lá, mas há muitas preocupações quanto à saúde do filho de Manute Bol e, de uma expectável escolha de primeira ronda para apenas ser apanhado ao nr. 44. Acabou por não lhe sair mal de todo porque está a caminho dos Denver Nuggets, uma organização que já provou (ainda este ano com Michael Porter Jr.) que não tem pressa e deixa os jogadores recuperarem fisicamente ao nível que precisam. Ainda assim, é curioso ver que, após falhar grande parte da temporada, Bol Bol desceu imenso no draft, enquanto, por exemplo, Garland não foi afetado por também ter feito muito poucos jogos, saindo logo no quinto posto.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários