5. 

O óscar depois da carreira – A 30 de Novembro de 2015, Kobe vinha a anunciar ao mundo, através de uma carta escrita ao “Players Tribune” intitulada de “Dear Basketball”, em como essa seria a sua última temporada e que o momento da reforma chegara. Kobe escreve a cara ao jogo do basquetebol, a explicar como sempre se manteve fiel ao jogo, sem fazer batota e que, apesar do seu amor continuar forte como se ainda fosse o jovem de cinco anos que pegou na bola pela primeira vez, o seu corpo já não aguentava mais.

Assim, usando esta carta, Kobe, juntamente com Glen Keane, transformou a sua carta numa curta metragem que viria ser lançada a 23 de abril de 2017. Esta curta metragem ficou nomeada para um Óscar da academia, Óscar esse que Kobe viria mesmo a ganhar, tornando-se no primeiro ex-jogador de basquetebol a alcançar tal feito.

Este era um típico momento “Mamba-mentality” de Kobe, a mostrar-nos de que com dedicação tudo era possível.

Comentários