Lebron James JR nasceu a 6 de outubro de 2004 e é «somente» o filho mais velho de um dos melhores atletas da história. A atuar pela Sierra Canyon School, o jovem norte americano já apresenta cerca de 1.90 metros e um potencial inabalável, tendo claramente o gene «basquetebolístico» do pai.

O PERCURSO DE LEBRON JAMES JR

Lebron James JR é dos jovens mais famosos no mundo e conta com mais de cinco milhões de seguidores no Instagram
Fonte: Sierra Canyon Basketball

Depois de fazer notar-se em competições como a AAU, onde atuou pelos Miami City Ballers e Strive for Greatness e de se ter juntado à escola Crossroads, de California, no dia 29 de maio de 2019, James JR transferiu-se para a Sierra Canyon School, uma escola privada localizada em Chatsworth, Los Angeles, para o primeiro ano da sua carreira como jogador amador no High School.

A 21 de novembro de 2019, James fez sua estreia enquanto freshman, marcando dez pontos a sair do banco numa vitória confortável sobre a Montgomery High School. Em adição, no dia 14 de dezembro, Lebron JR teve uma das melhores partidas até ao momento enquanto jogador, numa disputa onde marcou quinze pontos, incluindo o cesto que daria a vitória nos últimos momentos do jogo, sendo que o jovem foi mesmo nomeado jogador mais valioso da partida (MVP) em uma vitória sobre a antiga equipa do pai, St. Vincent, ​St. Mary High School.

As comparações ao «king» e a pressão de estar associado a uma lenda, eram inevitáveis a partir do momento em que “Bronny” (nome pelo qual é reconhecido Lebron James JR) pisasse um campo de basquetebol, todavia o «hype» tem sido de tal forma grande, que James JR (com 15 anos) tem tido ainda mais atenção que Lebron James, aquando tinha a mesma idade que o filho.

Anúncio Publicitário

É óbvio que o impacto das redes sociais e da globalização têm uma palavra forte nesta conversa, mas é de sublinhar que «King James» foi dos jogadores a atuar na escola com maior atenção da história, tendo constantemente jogos televisados, numa altura em que a agenda televisiva era essencialmente ocupada pela NCAA e NBA.

Apesar desta atenção e fama, LeBron James já afirmou que se arrepende de ter colocado o seu nome no  filho mais velho e que “Bronny” sofre pressão desde o dia que nasceu também resultado disso. De salientar que o filho já é visionado por observadores de faculdades desde a idade dos 9/10 anos, ao passo que recebeu as suas primeiras ofertas de universidades apenas com nove anos. Algo surreal, se pensarmos o quão pouco conclusivo é tirarmos ilações ao ver um miúdo de 9 anos a jogar basquetebol, quanto mais oferecer uma bolsa de estudos para atuar na faculdade.

Em 2015, altura em que o filho tinha apenas dez anos, Lebron James considerava que era uma loucura observarem o filho e que “devia ser uma violação tentarem recrutar crianças com 10 anos de idade.”

Ainda assim, é fantástico ver como um jovem com o «peso» todo que tem aglomerado nos seus ombros consegue lidar com tudo a seu redor. Ele já joga com pavilhões lotados em quase todas as partidas que disputa, com câmaras e estações televisas à sua volta e ainda assim mantém a compostura e não se demonstra apoquentado cada vez que está dentro das quatro linhas.