A NBA é um meio ainda algo racista/xenófobo em relação ao jogador branco – cada vez menos – e ao jogador não norte americano. Luka Doncic está a ser vítima deste problema neste seu ano de estreia na competição.

Doncic ‘sofreu na pele’ logo no Draft, ao ser ‘apenas’ o terceiro escolhido, quando está a ser de longe o melhor rookie da temporada, o que já era esperado.

O jogador esloveno, vindo do Real Madrid, tem brilhado e sido o melhor jogador da sua equipa, os Dallas Mavericks, mas o próprio treinador da equipa, ainda que não assumido, também já limitou o jogo do seu jogador por algumas vezes.

Pode-se falar em fazer descansar o jogador, mas deixar o jogador no banco todo o quarto tempo quando estava a apenas três pontos de ser o jogador mais novo a conseguir um triplo-duplo não foi nada mais do que não permitir que o recorde deixasse de ser de um norte americano para passar a ser de um europeu.

Agora, recentemente, nas votações para o jogo All Star, Doncic foi o segundo jogador mais votado pelo público, mas acabou por ficar de fora do jogo devido aos restantes jogadores da NBA e à imprensa convidada a escolher os jogadores.

Entretanto, Doncic já se tornou no primeiro rookie a conseguir três triplos-duplos, o jovem – até 20 anos – que conseguiu o triplo-duplo com mais pontos – 35 – e foi o primeiro rookie, e o único até agora, a conseguir marcar 1000 pontos esta temporada, tendo uma média de 20.6 pontos por jogo, a que se juntam 7.1 ressaltos por jogo e 5.5 assistências.

Glossário:

Rookie – jogador estreante;

Triplo-duplo – alcançar 10, ou mais, em três estatísticas diferentes. Geralmente são pontos, ressaltos e assistências.

Foto de Capa: Dallas Mavericks

Comentários