A Volta a Portugal está oficialmente na estrada e para começar os ciclistas tinham um prólogo de seis quilómetros em Viseu. Um trajeto praticamente todo plano, mas com muitas rotundas e curvas complicadas, com uma breve passagem pelo empedrado.

Viseu tem sido uma cidade bastante acolhedora do ciclismo, visto que desde 2009 que a Volta a Portugal não falha a sua passagem por terras de Viriato.

No ano passado, a chegada a Viseu foi feita através de uma ligação com o Sabugal, numa extensão de 191.7 quilómetros. No final, a vitória caiu para o italiano da MsTina-Focus Riccardo Stacchiotti com uma finalização ao sprint.

Fonte: Volta a Portugal

No prólogo tivemos desde cedo um português no cadeirão, com o melhor tempo do percurso, de seu nome, Samuel Caldeira. O sprinter de 33 anos da W52-Porto fez um tempo referência, que acabou por ser suficiente para levar a vitória. Fez os seis quilómetros em 7m:28s a uma velocidade média de 48.214 km/h.

No entanto, Gian Friesecke da Swiss Racing Academy ficou a oito centésimos do tempo de Caldeira! O último nome a partir para a estrada, Gustavo Veloso, também ficou a centésimos de conseguir ganhar o prólogo. Ele que ganhou o prólogo do G.P de Torres Vedras, no dia 11 de Julho, num percurso de oito quilómetros, realizado no Turcifal. Na altura, fez cinco segundos melhor do que Caldeira, que acabou na segunda posição do prólogo.

António Carvalho fez o quinto melhor tempo, ficando apenas a cinco segundos do seu colega de equipa, Caldeira. Joni Brandão perdeu apenas sete segundos para o melhor registo e ficou no oitavo lugar. Bom começo para estes dois ciclistas, que têm pretensões à geral da Volta a Portugal este ano.

Anúncio Publicitário
O líder da Louletano, Vicente de Mateos, perdeu dez segundos. O português da Caja Rural, Domingos Gonçalves, perdeu onze segundos e Edgar Pinto (W52-Porto) perdeu 13 segundos.

Samuel Caldeira venceu o prólogo e é o primeiro camisola amarela desta 81ª Volta a Portugal em bicicleta e a W52-FC Porto a começar da melhor forma, depois das más notícias sobre a indisponibilidade de Alárcon. Além da vitória, a equipa portista colocou quatro ciclistas no top dez!

Top 10 do prólogo:

1º Samuel Caldeira (W52-FC Porto) 7m:28s

2º Gian Friesecke (Swiss Racing Academy) m.t

3º Gustavo Veloso (W52-FC Porto) m.t

4º Thibault Guernalec (Team Arkéa Samsic) +0:02s

5º António Carvalho (W52-FC Porto) +0:05s

Mikel Aristi (Euskadi Basque Country-Murias) +0:07s

Cyrille Thièry (Swiss Racing Academy) m.t

8º Jóni Brandão (Efapel) m.t

João Matias (Vito-Feirense-Pnb) +0:08s

10º Daniel Mestre (W52-FC Porto) m.t

Foto de Capa: Volta a Portugal