Mesmo para o espetador mais desatento, começa a ser difícil não notar o incrível início de época da Astana. A equipa cazaque conseguiu, só no mês de fevereiro, 13 vitórias, incluindo etapas e gerais individuais.

No mês de janeiro, a equipa esteve apenas na Austrália, onde decorreu o Santos Tour Down Under e a clássica Cadel Evans Road Race. Apesar de não terem conseguido alcançar a vitória, acabaram por fazer vários pódios e tiveram boas prestações nas etapas, principalmente por intermédio de Luís León Sánchez.

No mês de fevereiro, a equipa começou por ganhar na Volta à Comunidade Valenciana, visto que o espanhol Ion Izaguirre ganhou a geral individual. Apenas cinco dias depois, Pello Bilbao ganhou a primeira etapa na Volta à Região de Múrcia em que o pódio era composto apenas por homens da Astana! A segunda etapa (última) desta prova e a geral ficaram também nas mãos de outro espanhol da Astana, neste caso de Luis León Sánchez.

No dia 17 de fevereiro ganharam a geral da Volta à Colômbia pelo “Superman Miguel Ángel López”, a geral do Tour de la Provence por Gorka Izaguirre e a segunda etapa do Tour de Omã por Alexey Lutsenko.

Por esta altura, certamente Alexandr Vinokourov já se podia considerar um homem satisfeito com a sua equipa. No entanto, Lutsenko não estava para brincadeiras e ganhou mais duas etapas em Omã e a geral individual.

Fuglsang, que é um dos principais líderes da equipa, não quis ficar atrás e venceu a geral da Volta à Andalucia, tendo os seus companheiros de equipa Ion Izaguirre e Pello Bilbao terminado em segundo e quarto na geral, respetivamente.

Gorka Izagirre brilhou em Provence
Fonte: Astana Pro Team

No final do mês, no Tour do Ruanda, Merhawi Kudus venceu a segunda e a terceira etapa da prova. Com estas vitórias, contabilizaram-se 13 vitórias para a equipa cazaque em fevereiro!

No entanto, já no mês de março, Kudus somou a geral individual do Tour do Ruanda e Rodrigo Contreras (seu companheiro de equipa) deu mais uma vitória para a Astana, finalizando o Tour do Ruanda em grande. No total já são 15 nesta temporada.

Os meses que mais se aproximam do número de triunfos deste mês de fevereiro de 2019 são as dez vitórias em junho de 2012 e as oito vitórias da Astana em fevereiro de 2016.

A equipa já teve grandes nomes nas suas fileiras, como Lance Armstrong, Alberto Contador, Andreas Kloden, Vinokourov, Nibali ou até mesmo Fabio Aru, mas nunca conseguiu ser uma equipa tão vencedora como agora.

Texto revisto por: Mariana Coelho

Foto de Capa: Volta a La Comunitat Valenciana

Comentários