Anterior1 de 2

Juan Ayuso: remember the name. O cruzamento entre o povo espanhol, culturalmente ligado ao ciclismo, e a angústia de não ter um tubarão apostado em dar as maiores dentadas… Pode estar prestes a acabar.

Aqui ao lado, muito se tem debatido sobre a sucessão de Alberto Contador, “Purito” Rodriguez ou do próprio Alejandro Valverde, assim como a reflexão sobre a insuficiência espanhola em termos de resultados nas grandes competições do ciclismo mundial.

Anúncio Publicitário

Existem nomes de qualidade, porém, sem a expressão que os seus antecessores conseguiram dar a uma das nações cronicamente de primeira linha na História da modalidade.

Até por aqui se entende que a evolução deste talento pode ser encarada como uma autêntica lufada de ar fresco, sendo também uma espécie de pressão adicional para o jovem de apenas 18 anos.

AFINAL, QUEM É JUAN AYUSO?

Sucintamente, estamos a falar de um produto em evolução, que tem vindo a materializar toda a qualidade evidenciada nos escalões de formação com uma crescente onda de resultados importantes, em conformidade com as expectativas criadas pela UAE Team Emirates, equipa que o agarrou ainda na primeira metade de 2020.

A vitória (e performance) no Giro U23, no passado mês de junho, marcou uma passagem importante pela Team Colpack Ballan, equipa onde pôde continuar a sua caminhada depois de brilhar insistentemente em Espanha, tendo-se já estreado ao serviço de Joxean Matxin Fernandez, inclusive no World Tour, com um 18.º lugar na clássica de San Sebastian.

O prodígio de Alicante (embora tenha nascido em Barcelona e vivido nos Estados Unidos da América) ainda se está a descobrir.

Descreve-se como um ciclista em desenvolvimento, com apetência para todos os terrenos e com a probabilidade de vir a brilhar em alta montanha a longo prazo, fazendo uso das suas características físicas “perfeitamente balanceadas”, como referiu “Matxin”, o homem forte do ciclismo da UAE Team Emirates.

Tamanho potencial baseia-se essencialmente no domínio em solo espanhol que conseguiu ainda dentro dos escalões de formação, nomeadamente, como júnior.

Anterior1 de 2

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome