Pois bem, num dia de contrarrelógio individual após o dia de descanso acabaram por ser ditadas grandes diferenças na geral individual. O percurso foi realizado entre Jurançon e Pau, num total de 36.2 quilómetros.

O contrarrelógio teve um tempo referência desde bem cedo, com Rémi Cavagna (Deceuninck-Quick-Step) a tirar mais de 1 minuto e meio aos outros tempos. O francês parecia bem encaminhado para a vitória, mas teve dois nomes à sua altura! Roglic (Jumbo-Visma) fez um tempo canhão de 47m:05s e Patrick Bevin (CCC) fez segundo lugar, a 25 segundos do esloveno. Cavagna ficou apenas no terceiro posto a 27 segundos de Roglic.

Nélson Oliveira acabou na quinta posição a 1m:02s! Mais uma boa prestação do português nesta Vuelta, ele que tem sido um dos homens que mais tem trabalhado no pelotão, no apoio aos seus chefes de fila na Movistar.

Nas contas dos favoritos, o ciclista que se defendeu melhor foi mesmo outro esloveno! Tadej Pogacar ficou a 1m:29s do seu compatriota. Valverde terminou a 1m:38s e Miguel Ángel López que foi dobrado na parte final por Roglic, terminou a 2m:00s do primeiro lugar. Quintana ficou apenas na 27ª posição, a 3m:06s, sendo o principal derrotado do dia de hoje.

No pódio, para além de Roglic temos Valverde na segunda posição, a 1m:52s e M.López a 2m:11s. De seguida, Quintana vem na quarta posição a 3m:00s e Pogacar a 3m:05s.

Quintana perdeu muito tempo no final do dia
Fonte: Movistar
Roglic é o sexto homem a envergar a camisola vermelha nesta Vuelta. Depois de López, Roche, Teuns, Edet e Quintana, chegou a vez do esloveno. É a décima vitória de Roglic nesta temporada, tudo em provas World Tour! Curiosamente as três últimas vitórias foram em contrarrelógios individuais, com as duas vitórias no Giro de Itália e com esta no dia de hoje.

Ainda faltam 11 dias de prova, com muita montanha pela frente, muitas mudanças estão por vir, mas uma coisa é certa, a Astana e a Movistar vão ter de atacar muito na alta montanha. A Astana vai jogar tudo na vitória de López, mas depois da queda de ontem será que vai estar nas melhores condições? A Movistar não tem estado a ter um bom desempenho a nível tático, será que vão abdicar de algum homem da geral e apostar todas as fichas em apenas um ciclista?

Top 10 da geral após o contrarrelógio:

Primoz Roglic (Jumbo-Visma) 36h:05m:29s

Valverde (Movistar) +1m:52s

Ángel López (Astana) +2m:11s

Nairo Quintana (Movistar) +3m:00s

Pogacar (Emirates) +3m:05s

Fredrik Hagen (Lotto Soudal) +4m:59s

Rafa Majka (Bora-Hansgrohe) +5m:42s

Nicolas Edet (Cofidis) +5m:49s

Dylan Teuns (Bahrain-Merida) +6m:07s

10º Kelderman (Sunweb) +6m:25s

Foto de Capa: La Vuelta

Revisto por: Jorge Neves

Comentários