Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho modalidadesBergen recebeu este ano os mundiais de ciclismo e apresenta-se-nos com um circuito bastante apetecível, tanto nas provas em linha como nos contra relógios.

As provas começaram a 17 de Setembro com o contra-relógio colectivo de 42.5km e que ligam as cidades de  Ravnanger a Bergen, tendo a equipa da Sunweb se superiorizado perante as favoritas Sky, BMC e QuickStep e arrecadando o ouro após bela prestação colectiva, a completar o pódio ficaram a BMC e Sky  2º e 3º respectivamente. Ficou demonstrado que o líder da Sunweb Tom Dumoulin, estava mais que preparado para o contra-relógio individual uns dias mais tarde.

Vitoriosa Team Sunweb campeã mundial de contra-relógio por equipas  Fonte: Cyclingnwes
Vitoriosa Team Sunweb campeã mundial de contra-relógio por equipas
Fonte: Cyclingnwes

Na categoria de sub23 anos e começando na prova de esforço individual, havia alguns ciclistas apontados a vitória na prova, Callum Scotson, Kasper Asgreen, Brandon McNulty, Neilson Powless e Remi Cavagna foram todos batidos pelo jovem dinamarquês Mikkel Bjerg que fez um tempo estrondoso nos 37.2km do percurso, ficando o segundo classificado Brandon McNulty a 1.05m e a 1.16m de outra surpresa Corentin Ermenault que fechou o pódio. O melhor português nesta prova foi Ivo Oliveira que ficou à porta do top-20 fechando na 21ª posição.

Pódio do contra-relógio sub23 com o vencedor Mikkel Bjerg arrecadar à medalha de ouro  Fonte: Cyclingnews
Pódio do contra-relógio sub23 com o vencedor Mikkel Bjerg arrecadar à medalha de ouro
Fonte: Cyclingnews
Anterior1 de 3Próximo

Comentários